Leia também:
X Boate Kiss: 8 anos da tragédia e sem julgamento dos réus

Alemanha não recomenda uso da vacina de Oxford em idosos

Comitê alemão pediu que imunizante seja aplicado apenas em pessoas abaixo dos 65 anos

Paulo Moura - 28/01/2021 14h39 | atualizado em 28/01/2021 17h25

Alemanha não recomenda uso da vacina da AstraZeneca em idosos
Alemanha não recomenda uso da vacina da AstraZeneca em idosos Foto: Freepik

O comitê de vacinas da Alemanha divulgou, nesta quinta-feira (28), uma atualização sobre a recomendação de uso da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a AstraZeneca.

Segundo a entidade oficial alemã, o imunizante, ao contrário das vacinas da Moderna e da Pfizer, só deve ser aplicado em pessoas com menos de 65 anos. A justificativa para a decisão foi a falta de dados suficientes sobre a eficácia nos grupos em idade mais avançada.

– Atualmente, não há dados suficientes disponíveis para avaliar a eficácia da vacina a partir dos 65 anos de idade. A vacina AstraZeneca, ao contrário das vacinas de mRNA (Moderna e Pfizer), só deve ser oferecida a pessoas com idade entre 18 e 64 anos em cada estágio – disse o comitê na resolução disponibilizada pelo ministério da saúde alemão.

Horas depois do anúncio do comitê alemão, a AstraZeneca se manifestou publicamente e defendeu o imunizante produzido por ela. De acordo com um porta-voz da empresa, “as últimas análises se baseiam na hipótese de uma eficácia da vacina no grupo de mais de 65 anos”.

Leia também1 São Paulo pede liberação para usar todas as vacinas na 1ª dose
2 Enfermeira que ironizou CoronaVac é demitida no ES
3 EUA: Presidente do Fed diz que recuperação está desacelerando
4 MP do Amazonas pede a prisão do prefeito de Manaus
5 EUA: Porta-voz de Biden dispara críticas contra a Huawei

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.