Leia também:
X Bolsonaro alfineta Alcolumbre: “Se quer indicar, se candidata”

Alcolumbre está “determinado” a não pautar sabatina, diz site

A intenção do parlamentar do Amapá seria de que o próprio Bolsonaro retire o nome de André Mendonça

Paulo Moura - 11/10/2021 07h51 | atualizado em 11/10/2021 09h48

Presidente da CCJ do Senado, Davi Alcolumbre Foto: Agência Senado/Jefferson Rudy

O que parece estar bem claro atualmente tem ficado ainda mais cristalino nos últimos dias: o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), não deve mesmo pautar a sabatina de André Mendonça, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro à vaga deixada pelo ministro Marco Aurélio de Mello no Supremo Tribunal Federal (STF).

Esse teria sido o indício dado por Alcolumbre a fontes com quem conversou, que incluem senadores e ministros de tribunais superiores. O fato teria sido deixado mais claro por Alcolumbre ao líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), com quem o presidente da CCJ jantou na última semana. A informação foi divulgada pelo colunista Igor Gadelha, do site Metrópoles.

Aliados de Alcolumbre teriam dito que o senador não tem a pretensão de marcar a sabatina do ex-AGU sequer para rejeitar o nome de Mendonça. A intenção do parlamentar do Amapá é de que o próprio presidente Jair Bolsonaro retire o nome de André Mendonça e faça outra indicação ao Supremo Tribunal Federal (STF).

O nome de Mendonça está parado no Senado há quase três meses. Ele foi indicado à vaga do ex-ministro Marco Aurélio de Mello em 13 de julho. Desde 19 de agosto, a indicação está na CCJ da Casa, onde sequer teve um relator designado por Alcolumbre.

Leia também1 Em áudio vazado, Galvão teria chamado Neymar de "idiota"
2 Bolsonaro alfineta Alcolumbre: "Se quer indicar, se candidata"
3 'Tio tem que descansar', diz Bonner sobre aposentadoria
4 Malafaia promete denúncia 'arrasa quarteirão' contra dois ministros de Bolsonaro
5 Diretor diz que Round 6 não é para crianças e pede prudência

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.