Leia também:
X Ao vivo: Valdemar Costa Neto faz pronunciamento

Alckmin nomeia 3 ex-ministros para cargo especial na transição

Nomes fizeram parte dos governos Lula e Dilma Rousseff

Pleno.News - 22/11/2022 14h00 | atualizado em 22/11/2022 14h18

Geraldo Alckmin é o coordenador da transição Foto: EFE/Joédson Alves

O vice-presidente eleito Geraldo Alckmin nomeou três ex-ministros de Estado para integrar a equipe de transição do novo governo. Edição extra do Diário Oficial da União (DOU), desta segunda-feira (21), informa que Inês da Silva Magalhães, que liderou a pasta das Cidades no Governo Dilma Rousseff, Luis Carlos Guedes Pinto, ministro da Agricultura de Luiz Inácio Lula da Silva, e Marcia Helena Carvalho Lopes, do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome também no Governo Lula, irão exercer Cargo Especial de Transição Governamental (CETG) Nível IV.

Na mesma edição, Alckmin designou sete membros para compor a Assessoria Especial da Coordenação de Organização da Posse.

Dentre os nomes, estão o do petista Gilberto Carvalho, que foi chefe de gabinete de Lula nos oito anos de mandato no Palácio do Planalto e ministro da Secretaria-Geral de Dilma Rousseff, e do diplomata Fernando Luis Lemos Igreja, que já foi embaixador do Brasil nos Emirados Árabes. Também estão no grupo, Cassius Antônio da Rosa, Célia Maria Alves, Márcio Tavares dos Santos, Neudicleia Neres de Oliveira e Wagner Caetano Alves de Oliveira.

Em uma terceira portaria, Alckmin designou três servidores do Congresso Nacional, que atuarão como voluntários, para colaborar na Assessoria Especial da Coordenação de Articulação Política do Gabinete de Transição Governamental.

*AE

Leia também1 Amigo de Lula na transição está com direitos políticos suspensos
2 Transição tem maioria homem, branco, petista e paulista
3 Pressão por nome de ministros é ansiedade do mercado, diz Gleisi
4 PT acionará o TCU e o STF após áudio de Augusto Nardes
5 Para Gleisi, Congresso terá 'sensibilidade' para aprovar PEC

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.