Leia também:
X Mourão irá à posse de Alberto Fernández na Argentina

AGU recorre de suspensão do chefe da Fundação Palmares

Nomeação de Sérgio Camargo havia sido barrada na última semana

Henrique Gimenes - 09/12/2019 17h40

Nomeação de Sérgio Camargo foi suspensa Foto: Reprodução

A Advocacia-Geral da União (AGU) recorreu de uma decisão da Justiça Federal da semana passada suspendendo a nomeação de Sérgio Camargo para a presidência da Fundação Palmares.
O recurso foi apresentado na sexta (6) ao Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5).

A suspensão de Camargo foi determinada após o juiz Emanuel Guerra, da 18ª Vara Federal do Ceará, acatar um pedido de uma ação popular. Em redes sociais, Camargo fez declarações consideradas racistas, o que provocou polêmica com movimentos em defesa dos negros.

A liminar que determinou a suspensão de sua nomeação cita trechos de suas publicações nas redes e seguiu protestos realizados na sede da fundação.

Em seu perfil no Facebook, Camargo se define como “Negro de direita, contrário ao vitimismo e ao politicamente correto”. Ele já afirmou, em sua conta, que o Brasil tem “racismo nutella” e que “racismo real existe nos EUA”.

Camargo, que usa a rede social com frequência, também escreveu que a escravidão foi terrível “mas benéfica para os descendentes”.

*Folhapress

Leia também1 Moro recebe homenagem no Dia de Combate à Corrupção
2 Bolsonaro exalta militares: "Âncora do meu governo"
3 Bolsonaro afirma que preço da carne deve cair em breve

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.