Leia também:
X Cresce o número de ataques a igrejas nas últimas semanas

Advogados de Roberto Jefferson são barrados em Bangu 8

Ministro Alexandre de Moraes já havia liberado a visita

Pleno.News - 25/10/2022 18h19 | atualizado em 25/10/2022 18h25

Ex-deputado federal Roberto Jefferson Foto: Reprodução Youtube

Os advogados do ex-deputado Roberto Jefferson (PTB) voltaram a acionar o Supremo Tribunal Federal (STF) nesta terça-feira (25), para reclamar que teriam sido impedidos de visitá-lo no presídio de Bangu 8, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

A defesa diz que a explicação dada pela administração da cadeia foi a de que o STF não autorizou a entrada sem autorização judicial. Os advogados pedem ao ministro Alexandre de Moraes que notifique com urgência o diretor de Bangu para liberar o acesso ao ex-deputado e citam risco de abuso de autoridade.

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) já havia pedido ao STF “autorização expressa” para o ex-deputado receber os advogados na cadeia.

Moraes, inclusive, esclareceu que “obviamente” a ordem que restringiu as visitas a Roberto Jefferson, inclusive de líderes religiosos, familiares e advogados, não inclui a defesa dele.

– Obviamente, a decisão não se refere aos advogados do réu, regularmente constituídos e com procuração nos autos – escreveu Moraes.

*AE

Leia também1 Moraes diz que R. Jefferson pode receber advogados na prisão
2 Em audiência, Roberto Jefferson diz que atiraria em Moraes
3 Bernardes critica Bolsonaro no caso Jefferson, e web reage
4 Web rebate Huck após vídeo dele condenando o porte de armas
5 Maioria da 1ª Turma do STF confirma retorno de Dantas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.