Leia também:
X Professor é afastado por se masturbar diante dos alunos

Advogado cita ameaças e pedirá liberdade de Queiroz

"Desde que o caso veio à tona, ele disse que se sente ameaçado e constrangido", relatou Paulo Emílio Catta Preta

Ana Luiza Menezes - 18/06/2020 18h42

Fabrício Queiroz Foto: Reprodução/SBT

Nesta quinta-feira (18), Paulo Emílio Catta Preta, advogado de Fabrício Queiroz, disse que seu cliente ficou surpreso pela prisão porque “sempre esteve à disposição” da Justiça e “presente nos autos”. Ele revelou ainda que o policial militar aposentado já sofreu ameaças.

– Ele via carros esperando por ele, estava se sentindo ameaçado. Desde que o caso veio à tona, ele disse que se sente ameaçado e constrangido – relatou.

Por conta das ameaças, o defensor disse que vai solicitar a transferência de Queiroz para um batalhão prisional destinado a PMs e ex-PMs. Ele também pretende pedir um habeas corpus para que seu cliente deixe a prisão.

Queiroz foi preso na manhã desta quinta, na cidade de Atibaia, interior de São Paulo. Os mandados de busca e apreensão e de prisão contra Queiroz foram expedidos pela Justiça do Rio de Janeiro, em um desdobramento da investigação que apura um suposto esquema de “rachadinha” na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). A prisão foi feita numa operação da Polícia Civil e do Ministério Público de São Paulo.

Queiroz é acusado de movimentar R$ 1,2 milhão em sua conta de maneira considerada “atípica” pelas autoridades, segundo relatório do antigo Conselho de Atividades Financeiras (Coaf).

Leia também1 "Vergonhoso", diz Bolsonaro sobre julgamento de cassação
2 Polícia faz buscas em casa de servidora de Flávio Bolsonaro
3 Queiroz é preso no interior de SP durante operação policial

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.