Leia também:
X Conselheiros da OAB querem ‘tirar’ Santa Cruz da presidência

Adrilles: ‘Ato do MBL foi nem Lula, nem Bolsonaro, nem povo’

Para o comentarista, fracasso dos atos mostra que a terceira via já "nasce morta"

Monique Mello - 13/09/2021 17h23 | atualizado em 13/09/2021 17h56

Adrilles Jorge Foto: Reprodução/YouTube Morning Show

A baixa adesão às manifestações contra o presidente Jair Bolsonaro foi repercutida à exaustão nas redes sociais e também na edição do Morning Show, da Jovem Pan, desta segunda-feira (13). Ao ser questionado sobre quais seriam os erros do MBL, grupo organizador dos atos, o comentarista Adrilles Jorge disse se tratar da insistência com a chamada terceira via.

– É uma manifestação nem Lula, nem Bolsonaro, nem povo e nem eleitor. Gira em torno da natimorta terceira via. Os atos deixaram bem claro que não há a mais remota possibilidade de haver a terceira via – iniciou o jornalista.

Adrilles acredita que o PT se afastou dessas manifestações porque Lula precisa da figura do Bolsonaro para ter chance eleitoral no ano que vem.

– Quem fala ao povo são dois personagens populares, sem entrar no mérito das personalidades deles, Lula e Bolsonaro. O Bolsonaro teve aquele espetacular sucesso no 7 de setembro porque a classe média com uma certa consciência de informação se aglutina em torno de seu nome e de pautas sobre liberdade que estão sendo solapadas pelo STF. O Lula tem uma tradição do passado de bolsa família, de auxilio aos pobres etc. E tem a esquerda delirante que se avizinha dele, ou seja, são um terço pra cá, um terço pra lá, e outro terço mais calmo – analisou.

O comentarista reitera que a terceira via já está fadada ao fracasso e que o MBL encontra-se em um “limbo” no qual é desprezado tanto pela esquerda quanto pela direita.

– As penúltimas manifestações da esquerda aglutinaram pessoas porque eram pessoas da esquerda. Não se enganem. Não tinha ninguém da terceira via lá. A esquerda despreza essa “direita liberal limpinha” tão bem personificada pelo MBL […] O MBL é odiado à direita e à esquerda, e ninguém o quer. Só ele acha que o ego dele pode arregimentar algum tipo de multidão – concluiu.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Carlos Jordy (@carlosjordy)

Leia também1 Ato contra Bolsonaro reuniu 6 mil pessoas, diz governo de SP
2 Bolsonaro: “Minoria que foi às ruas ontem é digna de pena”
3 MBL quer processar Damares por críticas a vídeo sobre estupro
4 Damares irá investigar vídeo em que líder do MBL fala de estupro
5 MBL diz que vídeo com suposta apologia ao estupro era "piada"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.