Leia também:
X CPI aprova quebra de sigilo fiscal e telefônico de Carlos Wizard

Assista! CPI ouve Wilson Witzel, ex-governador do Rio de Janeiro

Ex-governador do Rio de Janeiro não deve responder sobre fatos investigados no Rio de Janeiro

Paulo Moura - 16/06/2021 10h49 | atualizado em 16/06/2021 11h31

Witzel presta depoimento na CPI da Covid nesta quarta Foto: Agência Senado/Edilson Rodrigues

Começou por volta das 10h45 desta quarta-feira (16) o depoimento de Wilson Witzel, ex-governador do Rio de Janeiro, à CPI da Pandemia. A presença de Witzel ocorre após requerimentos pedidos pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da comissão, e pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE).

Na véspera do depoimento, o ministro Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu ao ex-governador o direito de não comparecer à CPI da Pandemia. Com a decisão do STF, Wilson Witzel pode ficar calado, não precisa dizer a verdade, e um advogado pode acompanhá-lo.

A assessoria de imprensa do senador Randolfe Rodrigues informou, na noite de terça-feira (15), que Witzel confirmou que participaria da oitiva, mesmo tendo sido atendida a liminar no pedido de habeas corpus protocolado pelo ex-governador no STF.

Em entrevista à CNN, o advogado Diego Carvalho Pereira, que defende o ex-governador, disse que a orientação é que Witzel não fale nada sobre fatos investigados no RJ.

Em seu requerimento, Randolfe aponta como motivo para a convocação de Witzel uma série de denúncias de que o ex-governador se beneficiou de um esquema de corrupção no início da pandemia. O requerimento cita dados do Ministério Público Federal para apontar que Witzel recebia um percentual das propinas que eram pagas dentro da Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro.

Em setembro de 2020, a Assembleia Legislativa do Estado, por unanimidade, aprovou o prosseguimento do processo de impeachment e o afastamento de Witzel do cargo – decisão que foi confirmada de forma definitiva em abril deste ano.

Leia também1 CPI aprova quebra de sigilo fiscal e telefônico de Carlos Wizard
2 'A princípio, vamos esclarecer tudo na CPI', diz Wilson Witzel
3 Casos globais de Covid-19 caíram 12% na última semana, diz OMS
4 Defesa de Bolsonaro pede acesso a celular de advogados de Adélio
5 Anvisa autoriza importação da Sputnik V por mais sete estados

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.