Leia também:
X João Doria diz que não permitirá atos da esquerda em SP no dia 7

#AbreoperfilPacheco: Pressiona web após impeachment negado

A tag está entre os assuntos mais comentados do Twitter

Monique Mello - 26/08/2021 14h17 | atualizado em 26/08/2021 15h08

Rodrigo Pacheco mantém contas nas redes sociais fechadas desde março Foto: Agência Senado/Leopoldo Silva

Com suas contas nas redes sociais no modo privado, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), está sendo “pressionado” por usuários da web deste a noite de quarta-feira (25). A movimentação começou logo após o parlamentar rejeitar o pedido de impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre Moraes, feito pelo presidente Jair Bolsonaro.

Em declaração à imprensa, Pacheco disse não ter “justa causa” no pedido e que ele determinou o arquivamento para manter a “separação dos poderes”.

Nesta quinta-feira (26), a tag #AbreOPerfilPacheco, já havia sido mencionada mais de 80 mil vezes.

– Escute e fale com a sociedade, senhor Rodrigo Pacheco. O Senado é uma das casas do povo – escreveu a comentarista política Ana Paula Henkel.

O presidente do Senado mantém suas contas nas redes sociais fechadas desde março desde ano. Na época, a equipe de Pacheco notou uma movimentação atípica na conta e suspeitou de “robôs”. Isto se deu logo após o senador participar de uma articulação política para tirar do cargo Ernesto Araújo, então ministro das Relações Exteriores.

Leia também1 Bolsonaro sobre impeachment de Moraes: "Estou praticamente sozinho"
2 Jair Bolsonaro critica decisão de Pacheco em pedido sobre Moraes
3 'Sei onde está o câncer do Brasil, temos como ganhar essa guerra', diz Bolsonaro
4 Impeachment de Moraes não tinha justa causa, diz Pacheco
5 Rodrigo Pacheco e governadores se reunirão para debater 'crise'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.