Leia também:
X Museu da Língua Portuguesa reabre com novo posicionamento

Abraham Weintraub comenta cargo de Boulos na PUC-SP

"Não passo pano e a tigrada me odeia por isso", disse o ex-ministro

Pleno.News - 31/07/2021 17h49 | atualizado em 31/07/2021 20h27

Ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub Foto: PR/Casa Civil

Neste sábado (31), o ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, comentou a contratação de Guilherme Boulos para o cargo de professor da PUC-SP. O coordenador do MST começará a lecionar na instituição na próxima terça-feira (3).

– A pós-graduação da PUC que contratou o Boulos foi justamente uma das que perderam as bolsas de estudo. O dinheiro do pagador de impostos (todos nós) foi para médicos, engenheiros e agrônomos fazerem seus mestrados e doutorados.
Eu não passo pano e a tigrada me odeia por isso – declarou Weintraub, no Twitter.

No novo posto, Boulos será responsável por ministrar a disciplina Movimentos Sociais e Políticas de Direito à Cidade, no mestrado profissional em governança global e formulação de políticas internacionais vinculado ao curso de Relações Internacionais da Faculdade de Ciências Sociais, segundo informações da Folha de S.Paulo. Ele é formado em Filosofia pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP (FFLCH-USP), e fez mestrado em psiquiatria na Faculdade de Medicina da USP.

Weintraub critica Boulos Foto: Reprodução

Leia também1 Boulos será professor de curso de mestrado da PUC-SP
2 Boulos se revolta com prisão de incendiário de estátua: 'Absurdo'
3 'A TV Globo está na pior. A teta secou', dispara Weintraub
4 Weintraub: 'Jair Bolsonaro é a melhor opção para o Brasil'
5 Weintraub admite possibilidade de candidatura em 2022

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.