Leia também:
X “A nação é abençoada por Deus”, diz Michelle Bolsonaro

PT cogita acionar TSE contra Bolsonaro por “abuso de poder”

Presidente participou de comemorações pela Independência em Brasília e no Rio de Janeiro

Gabriel Mansur - 07/09/2022 15h35 | atualizado em 08/09/2022 13h19

Manifestações do 7 de Setembro Foto: EFE/ Joedson Alves

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) preferiu celebrar os 200 anos da Independência do Brasil, que ocorre nesta quarta-feira (7), em casa e sem agenda pública, para evitar exposição. Em contrapartida, pretende acionar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra o presidente Jair Bolsonaro (PL) em decorrência de um suposto “abuso político” durante os atos de 7 de Setembro.

Integrantes do PT afirmam que Bolsonaro utilizou a estrutura governamental para promover ações do governo federal, como a TV Brasil. A ação também deve ser endossada por outros partidos de oposição como Rede e PSOL. As informações são do site O Antagonista.

Ainda segundo a legenda, “houve desvirtuamento do caráter cívico dos desfiles de 7 de Setembro ao promover bandeiras da área de costumes do atual governo”.

O candidato à reeleição, por sua vez, participou das comemorações do 7 de Setembro, pela parte da manhã, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Agora pela tarde, o presidenciável participa de um ato na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro.

Leia também1 "Podemos até comparar as primeiras-damas", diz Bolsonaro
2 Esplanada: Em aceno do agro a Bolsonaro, 28 tratores desfilam
3 Moraes diz que Bicentenário "merece ser comemorado"
4 Lula deve passar o dia 7 em casa para evitar exposição, diz coluna

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.