Leia também:
X Jovem é agredida pelo parceiro após se negar a fazer comida

2022: Otoni de Paula confirma que será candidato ao Senado

Parlamentar disse que pretende sair da "zona de conforto" com candidatura ao Senado Federal no próximo ano

Paulo Moura - 26/04/2021 18h31 | atualizado em 26/04/2021 19h35

Deputado federal Otoni de Paula Foto: Divulgação

Um dos principais nomes de apoio ao presidente Jair Bolsonaro na Câmara, o deputado federal Otoni de Paula (PSC) será candidato ao Senado pelo estado do Rio de Janeiro em 2022. A informação foi confirmada pelo parlamentar em entrevista concedida ao Pleno.News. Segundo Otoni, a decisão é uma forma de ele deixar o que chamou de “zona de conforto”.

– Eu sou candidato ao Senado Federal, eu estou saindo da minha zona de conforto. Eu tive 120 mil votos [em 2018, quando se elegeu deputado federal], não era candidato do presidente Jair Bolsonaro, não fui indicado por ele, não bati uma foto com ele […] acho que não decepcionei o meu eleitor – declarou.

O parlamentar também disse acreditar que tem “uma missão maior” para cumprir, que seria representar o estado no Senado Federal. De acordo com Otoni, continuar na Câmara faria dele “apenas mais uma voz a reclamar” e que, no Senado, ele poderia “manipular esse jogo [político] para o bem” do Rio de Janeiro.

– Eu acho que tenho uma missão maior, e essa missão é representar o meu estado, e o povo que confia no nosso trabalho e que quer ver esse país mudar, a partir de um enfrentamento claro, lúcido, democrático com esses poderes que querem atrapalhar o crescimento do Brasil – completou.

Leia também1 Otoni pede que Bolsonaro não confie em generais e extremistas
2 Após fala enérgica contra STF, deputado diz que fez um alerta
3 Políticos lamentam morte de Fidelix: "Autêntico conservador"
4 MEC usa linguagem neutra em site: “Seja bem-vindx”
5 Otoni pede que PF apure perfil que ensina a 'adorar' satanás

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.