Leia também:
X Bolsonaro quer criar data para alertar sobre riscos do aborto

Polícia do Rio investiga furto de 50 doses da CoronaVac em posto

Autoridades trabalham para identificar ladrão e recuperar imunizantes

Thamirys Andrade - 06/04/2021 10h09 | atualizado em 06/04/2021 10h54

Ladrão furtou 50 doses de vacina contra a Covid-19 de posto de saúde no Rio de Janeiro Foto: Reprodução

A polícia do Rio de Janeiro instaurou inquérito a fim de investigar o roubo de 50 doses das vacinas anticovid CoronaVac em um posto de saúde no bairro de Colégio, na Zona Norte da cidade. Por meio de câmeras de segurança e da ação da perícia no local, as autoridades esperam identificar o autor do crime.

As imagens do circuito de segurança mostram um homem de 30 a 40 anos de idade invadindo a sala de imunização na madrugada deste domingo (4) e saindo de lá com vacinas e um laptop. A ação durou cerca de dez minutos, e o arrombamento só foi descoberto pela manhã, quando um dos vigilantes chegou ao posto, para trabalhar, e acionou a Polícia Civil.

A polícia trabalha para identificar o ladrão e recuperar as vacinas. Contudo, elas não serão mais usadas, segundo a Secretaria Municipal de Saúde. A entidade explicou que não há como garantir que elas tenham sido mantidas sob condições ideais de conservação; por esse motivo, podem não fazer efeito ou até mesmo causar alguma reação adversa.

Leia também1 Ladrão furta 50 doses de vacina em posto de saúde no Rio
2 Guedes: 'Prefeitos e governadores precisam olhar com muita atenção para o transporte público'
3 Órgão dos EUA: Detergente basta para limpar superfícies
4 Covid: Na Holanda, prescrição de tratamento precoce terá punição
5 Butantan entrega mais de 80% de vacinas previstas para abril

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.