Leia também:
X Joice acredita que foi ‘apagada’ por ser ‘lutadora profissional’

Polícia de SP prende suspeito de incendiar estátua de Borba Gato

Homem dirigia o caminhão que transportou os vândalos e os pneus usados na ação

Pleno.News - 25/07/2021 12h51 | atualizado em 26/07/2021 18h55

Monumento de Borba Gato foi incendiado por grupo de 15 a 20 pessoas Foto: Yuri Murakami

A Polícia Civil de São Paulo prendeu, na madrugada deste domingo (25), um dos suspeitos de atear fogo no monumento do bandeirante Borba Gato, em São Paulo, durante protestos da esquerda neste sábado (24).

O homem detido estava dirigindo o caminhão que levava o grupo de vândalos que incendiou a estátua, além dos pneus usados para iniciar as chamas. Eles posicionaram os pneus na base do monumento e atearam fogo, gerando uma grande labareda. O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu controlar as chamas após 1 hora.

De acordo com a polícia, a placa do caminhão estava adulterada. O nome do homem não foi divulgado. As autoridades tentam identificar os outros suspeitos.

https://twitter.com/dimacgarcia/status/1419054510404784136

De acordo com a Polícia Militar, cerca de 15 a 20 pessoas participaram do ato de vandalismo. Elas acenderam a fogueira de pneus e fugiram em seguida.

Nas redes sociais, o grupo de ativistas Mídia Ninja atribuiu a ação a um coletivo de esquerda denominado Revolução Periférica.

Uma perícia preliminar da Defesa Civil indicou que houve danos ao monumento, mas sua estrutura não foi comprometida.

Leia também1 Militantes são presos com arma branca e rojões em ato em SP
2 Felipe Neto exalta vandalismo da esquerda: "Fogo nos genocidas"
3 Grupo esquerdista ateia fogo na estátua de Borba Gato, em SP
4 Revelação da "fraude de 2014" já tem data: Próxima quinta-feira
5 'Não gostar de mim tudo bem, mas ser apaixonado pelo Lula?'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.