Leia também:
X Em nova ‘pérola’, Dilma cria o ‘papa Pio 13’ e o chama de ‘complicado’

Planos de saúde terão que liberar teste de Covid imediatamente

Antes, era necessário esperar até 3 dias úteis para obter autorização

Gabriela Doria - 13/04/2021 22h42 | atualizado em 14/04/2021 09h56

Profissional de saúde fazendo PCR em idosa
PCR é considerado o “padrão ouro” na detecção da Covid Foto: EFE/Ricardo Maldonado Rozo

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determinou que os planos de saúde terão que dar autorização imediata para a realização de testes RT-PCR, que diagnosticam a Covid-19. Antes, os beneficiários poderiam ter que esperar até três dias úteis para a liberação do exame.

A partir de agora, as redes privadas de atendimento hospitalar serão obrigadas a liberar a testagem de maneira automática. Os critérios para a realizar o RT-PCR constam na DUT (Diretrizes de Utilização), conjunto de normas criadas pela ANS que regulamenta e orienta os procedimentos médicos e exames complementares.

Segundo a ANS, a inclusão do RT-PCR é uma medida que dará “mais agilidade” ao diagnóstico e ao tratamento médico.

O exame RT-PCR será obrigatoriamente disponibilizado para beneficiários da categoria ambulatorial, hospitalar ou referência, de acordo com a solicitação do médico, para pacientes que manifestarem sintomas de Síndrome Gripal ou Síndrome Respiratória Aguda Grave.

Leia também1 Artigo é questionado por dizer que lockdown não funciona
2 Doria inaugura hospital de campanha com só um sexto da capacidade
3 Bolsonaro fundou 'República da Morte' na pandemia, diz OAB
4 Câmara aprova urgência de PL que torna educação essencial
5 Pacheco abre CPI da Covid e inclui estados e municípios

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.