PGR aceita denúncia de Frota contra Zé de Abreu

Deputado federal entrou com ação depois que ator se declarou "presidente" do Brasil

Pleno.News - 14/03/2019 20h05

José de Abreu responderá à Justiça Foto: EFE/Antonio Lacerda

A Procuradoria-Geral da República aceitou a denúncia que o deputado federal Alexandre Frota (PSL-SP) fez contra o ator Zé de Abreu. A representação criminal foi motivada por Zé de Abreu se autoproclamar “presidente” do Brasil, em ironia a Juan Guaidó, que fez o mesmo na Venezuela.

Frota deu a notícia no Plenário da Câmara na tarde desta quinta-feira (14), três dias após apresentar a denúncia na PGR.

Após anunciar a aceitação da queixa, Frota mostrava para os presentes na Câmara, cópias de notas fiscais fraudulentas que, segundo ele, pertencem a Zé de Abreu.

– Mais do que essas aqui, eu tenho várias para apresentar. Aqui estão as notas fraudulentas do senhor José de Abreu que, como todos sabem, é um grande devedor da Lei Rouanet. Nós iremos buscar esse dinheiro de uma forma ou de outra.

Alexandre Frota também afirmou que Zé de Abreu pode, em breve, estar ao lado de Lula na cadeia.

– Aproveite seus momentos como presidente do país, porque em breve o senhor poderá fazer companhia ao seu guru e mentor, Luiz Inácio Lula da Silva, que continua e continuará preso.

LEIA TAMBÉM+ Frota aciona a PGR contra "presidente" José de Abreu
+ "Zé de Abreu na cadeia" bomba e chega ao topo do Twitter
+ Jandira Feghali leva José de Abreu a sério como presidente


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo