PF abre inquéritos para apurar conversas vazadas de Moro

São pelo menos quatro investigações diferentes

Pleno.News - 12/06/2019 16h44

Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro Foto: Marcelo Camargo/Ag. Brasil

Após o vazamento de conversas do ministro da Justiça, Sergio Moro, com procuradores da Lava Jato, a Polícia Federal (PF) decidiu instaurar quatro inquéritos para apurar o caso. A informação foi dada pelo portal G1.

Neste domingo (9), o The Intercept publicou conversas vazadas entre o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e o procurador Deltan Dallagnol, a Lava Jato. Na época, Moro era o juiz responsável pelos casos da operação. Nas conversas, eles tratam diversos casos, entre eles o do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

De acordo com o veículo, os investigadores suspeitam de uma invasão planejada de hackers aos celulares de Moro e de procuradores do Ministério Público Federal (MPF).

As investigações acontecem em Curitiba, Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo. Além disso, a Procuradoria-Geral da República (PGR) também abriu um procedimento para seguir o trabalho da PF.

LEIA TAMBÉM+ Rede Globo rebate Greenwald: "Público julgará o caráter dele"
+ "Hackers de juízes não vão interferir na missão", diz Moro


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo