Leia também:
X Bolsonaro diz que há 90% de chance de Braga Netto ser vice

Petrobras vai doar botijão de gás e vale gás neste mês

Cerca de 100 mil famílias de 16 estados do país serão beneficiadas

Monique Mello - 11/04/2022 11h31 | atualizado em 11/04/2022 11h42

Petrobras fará doações de botijões de gás Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Neste mês de abril, a Petrobras dá início à segunda etapa do programa de distribuição de botijões de gás e também ao auxílio para a compra do gás de cozinha para as famílias em situação de vulnerabilidade social.

– Trata-se de uma iniciativa que tem o objetivo de contribuir para que pessoas em situação de vulnerabilidade social possam ter acesso ao gás de cozinha (GLP). A destinação dos recursos será feita por meio de doação financeira para instituições sem fins lucrativos parceiras da iniciativa – diz a estatal.

A companhia informa que cerca de R$ 115,5 milhões serão destinados com o intuito de beneficiar 100 mil famílias diretamente em 16 estados do Brasil. São eles: Rio de Janeiro, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Rondônia, Rio Grande do Sul, Sergipe e São Paulo.

O projeto teve início em 2021. De acordo com a Petrobras, no ano passado foram doados os recursos correspondentes a 300 mil auxílios para a aquisição do gás de cozinha, no valor de R$ 100 cada, para a compra de botijões de gás de 13kg.

Para este ano, 56 instituições sem fins lucrativos que desenvolvem projetos socioambientais, e também de condicionantes ambientais, farão uma ponte entre a Petrobras e as famílias em situação de vulnerabilidade. A empresa não publicou a lista de instituições parceiras.

As famílias serão previamente definidas nos municípios e comunidades de abrangência da iniciativa considerando os seguintes critérios:

– Pessoas em situação de vulnerabilidade social, moradoras de comunidades nas proximidades das nossas áreas operacionais e participantes de projetos socioambientais desenvolvidos por instituições sem fins lucrativos parceiras da Petrobras na iniciativa;

– Pessoas de baixa renda cadastradas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal;

– Pessoas em situação de vulnerabilidade social atendidas pelos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) e outras instituições que realizam campanhas de arrecadação de alimentos.

Mais informações de como será a distribuição na prática podem ser conferidas aqui.

Leia também1 Conheça o novo presidente da Petrobras, José Mauro Coelho
2 Petrobras fará redução de 5,5% no preço do gás de cozinha
3 PT anulará venda da Eletrobras se ganhar eleição, diz senador
4 Miriam Leitão: "O Brasil não melhorou, o mundo que piorou”
5 Randolfe Rodrigues espera ter 29 assinaturas para CPI do MEC

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.