Leia também:
X Prefeito Bruno Covas recebe alta após 10 dias de internação

Pedra Fundamental do Museu da Bíblia é lançada no DF

Evento contou com parlamentares e líderes religiosos

Gabriela Doria - 18/12/2019 16h28 | atualizado em 18/12/2019 16h50

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, lançou nesta quarta-feira (18) a Pedra Fundamental de Construção do Museu Nacional da Bíblia.

A cerimônia foi realizada próximo à Rodoferroviária de Brasília, local onde será erguido o prédio.

Entre as autoridades presentes estavam a deputada federal Flordelis, além de integrantes da Frente Parlamentar Evangélica do Congresso Nacional e líderes religiosos, como o apóstolo Estevam Hernandes, da igreja Renascer em Cristo.

Em seu Instagram, Flordelis afirmou que a construção do espaço se trata de “um grande feito”.

– Hoje eu tive a dupla honra de participar do lançamento da pedra fundamental, no museu da Bíblia, em Brasília. Primeiro pela importância desse livro sagrado, onde temos um manual de vida. E segundo por ter destinado recursos para esse grande feito se realizar – escreveu a deputada ao assinar a Bíblia.

Já o apóstolo Estevam Hernandes celebrou o momento e disse que o Museu da Bíblia é “uma grande vitória do povo de Deus”.

A arquitetura do prédio é baseada nos traços modernos de Oscar Niemeyer e terá o formato de uma Bíblia aberta. A capacidade será para 50 mil visitantes. A inspiração do projeto arquitetônico vem do Museu da Bíblia de Washington, nos EUA.

Em seu discurso, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, declarou que “aqui [Museu da Bíblia] é um lugar de Deus”.

– Quero que continuem com a palavra de Deus, para que todos possam visitar o Eixo Monumental e saber que aqui é um lugar de Deus que esse espaço vai representar todas as religiões, toda a vontade do povo brasileiro, que é um povo religioso – disse Ibaneis.

No interior do prédio haverá espaços dedicados à cultura, como teatro e biblioteca, além de cinema, praça de alimentação e salas para palestras e mostras culturais.

Autoridades estimam que o local receberá cerca de 100 mil pessoas anualmente. A previsão para terminar as obras é de 18 meses.

Leia também1 Frente Evangélica realiza culto no Palácio do Planalto
2 Solenidade no TJRJ marca Dia da Justiça e cita a Bíblia
3 Bancada evangélica avisa jogos de azar não passarão

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.