Leia também:
X Allan, do Terça Livre, derrota repórter da Folha na Justiça

Paulo Coelho sugere maconha para ‘acalmar’ Bolsonaro

Escritor disse ainda que "não usa desde 1982"

Pleno.News - 08/08/2021 12h35 | atualizado em 08/08/2021 12h42

Escritor Paulo Coelho sugeriu que Bolsonaro consumisse maconha para se “acalmar” Foto: Divulgação

O escritor Paulo Coelho usou suas redes sociais, neste domingo (8), para “recomendar” ao presidente Jair Bolsonaro e seus aliados no governo federal que consumam maconha para ficarem “mais calmos”.

– Eu não uso desde 1982, mas acho que acalma. O Planalto e seu rei nu se beneficiariam muito. À venda em qualquer supermercado suíço – escreveu Coelho, com foto de embalagens da erva.

O escritor mora atualmente na Suíça, país em que o consumo da droga é legalizado.

Esta é apenas mais uma das provocações que Paulo Coelho dirige a Bolsonaro e ao governo. No mês passado, ele se aliou ao youtuber Felipe Neto para denunciar ao Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas os supostos ataques do governo federal à liberdade de expressão no Brasil.

Poucos dias depois, o escritor anunciou que iria financiar o tradicional Festival de Jazz do Capão, que havia perdido o patrocínio do governo por afirmar que o evento seria “antifascista”.

Leia também1 Bolsonaro promove motociata de Dia dos Pais em Brasília
2 Michelle celebra Dia dos Pais com foto de Laura e Bolsonaro
3 Pai e avô, Marco Feliciano fala de paternidade e futuro do Brasil
4 Governo enviará mais vacinas para o RJ devido a variante Delta
5 Eduardo B. exibe multidão pró-Bolsonaro e ironiza a imprensa

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.