Leia também:
X Denúncia é aceita e governador de SC é afastado por 180 dias

Pai de santo é denunciado por estupro contra 7 mulheres em SP

Ministério Público pede prisão preventiva do homem até o julgamento dos casos

Paulo Moura - 24/10/2020 09h00 | atualizado em 24/10/2020 10h57

Pai de santo é denunciado por abuso sexual contra sete mulheres Foto: Reprodução

O pai de santo Heraldo Lopes Guimarães, conhecido como pai Guimarães de Ogum, está sendo denunciado pelo Ministério Público (MP) por ter cometido sete estupros contra mulheres em São Paulo. Além das denúncias, o MP também pede a prisão preventiva do homem até a data do julgamento.

Segundo o Ministério Público, as vítimas relataram que o pai de santo se aproveitava de sua função de sacerdote espiritual para cometer os abusos sexuais. Heraldo, porém, nega que tenha cometido os crimes. Segundo a defesa, o fato se trata de “armação das vítimas”.

– Meu cliente nega totalmente os fatos. E entende que é uma armação das vítimas, que estão em conluio e fazendo denúncias infundadas e inverídicas. Nesse momento é isso – diz.

O pai de santo tem 56 anos e atua na Umbanda, religião brasileira de matriz africana. Além disso, comanda um templo na Zona Sul da capital, onde, segundo o MP, aconteceu a maioria dos abusos contra as vítimas, entre os anos de 2010 e 2019. Duas delas eram menores de 14 anos na época. As outras cinco já tinham 18 anos ou mais.

Nos relatos, as mulheres disseram que Heraldo exercia domínio psicológico, deixando-as vulneráveis a ponto de se sentirem obrigadas a manter relações sexuais com ele, achando que estivessem se relacionando com uma entidade incorporada por ele. Elas acreditavam que aquilo fazia parte do tratamento em busca de uma cura espiritual.

Leia também1 Menina de 11 anos é estuprada por quatro adolescentes em MG
2 Grupo pró-vida realiza vigília antiaborto por 40 dias
3 RJ: Homem é preso suspeito de estuprar menino de 9 anos
4 RJ: Funcionário de hotel é preso após abusar de hóspede
5 Gravação mostra Robinho rindo com amigo: "Não estou nem aí"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.