CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Ministro da CGU, Wagner Rosário está com Covid-19

“A Igreja é maior que vocês”, diz padre a bispos de esquerda

Grupo de bispos enviou carta ao papa Francisco com críticas a Jair Bolsonaro

Gabriela Doria - 31/07/2020 18h11 | atualizado em 01/08/2020 13h04

Padre ortodoxo Kelmon Luis Souza fez vídeo em defesa de Jair Bolsonaro Foto: Reprodução

O padre ortodoxo Kelmon Luís mandou um duro recado ao grupo de bispos católicos que assinaram uma carta enviada ao papa Francisco com críticas ao presidente Jair Bolsonaro. Em um vídeo que circula nas redes sociais, o líder religioso acusa o grupo de querer “dividir a Igreja”.

– Vocês que assinaram uma carta descabida, desnecessária, é isto que vocês querem fazer: dividir a Igreja – afirmou o sacerdote, que já é conhecido pelo apoio a Bolsonaro.

O religioso também acusou os bispos de terem um “saudosismo esquerdopata”.

– Não governam mais, não têm voz, mas gritam, porque têm um saudosismo esquerdopata nos corações. [São] um paradoxo, uma loucura, uma doença mental – afirmou.

E ainda cravou: “A Igreja é muito maior que vocês, vocês vão morrer, vão passar”.

Kelmon Luis também destacou que “agora o Brasil entrou nos trilhos” e que “este governo fechou a chave do cofre”.

Recentemente, um grupo de 126 bispos eméritos, cerca de 26% do total de bispos no Brasil, assinou uma carta com críticas ao governo do presidente Jair Bolsonaro. O documento foi enviado ao papa Francisco, no Vaticano. Intitulado “Carta ao Povo de Deus”, o texto diz que “o Brasil atravessa um dos períodos mais difíceis de sua história” e que há uma “tensão que se abate sobre os fundamentos da República, provocada em grande medida pelo presidente da República”.

O documento não tem aval da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e não representa oficialmente a entidade.

Leia também1 Igreja pede investigação sobre estátua de Jesus decapitada
2 Nos EUA, 90% dos evangélicos apoiam reeleição de Trump
3 Malafaia 'desmonta' tese da Veja de ministros evangélicos
4 Bancada evangélica age contra tese de abuso religioso
5 Educador cristão rebate críticas de Huck ao MEC

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo