Leia também:
X Bebê morre após tomar choque enquanto a mãe fazia chapinha

Novo ministro da Justiça indica Paulo Maiurino para chefiar PF

Anderson Torres fez a substituição no mesmo dia em que tomou posse como ministro

Pleno.News - 06/04/2021 19h27 | atualizado em 07/04/2021 12h20

Delegado Paulo Maiurino assumirá o comando da Polícia Federal Foto: Reprodução

O novo ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, escolheu o delegado Paulo Maiurino como novo diretor-geral da Polícia Federal. Ele substituirá o atual chefe da corporação, Rolando Souza. Com a mudança, a PF terá o terceiro chefe em apenas dois anos e três meses de governo.

O delegado Paulo Maiurino atuou no ano passado como secretário de Segurança do Supremo Tribunal Federal, na gestão Dias Toffoli, trabalhou no governo de São Paulo como secretário de Esporte, Lazer e Juventude, na gestão de Geraldo Alckmin (PSDB).

O novo diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal será Silvinei Vasques.

O primeiro discurso de Torres no cargo, nesta terça-feira (6), já foi afinado com o do presidente Jair Bolsonaro. Ao tomar posse em cerimônia fechada, sem transmissão ao vivo, o titular da Justiça defendeu a presença da “força da segurança pública” para assegurar “um ir e vir sereno e pacífico”.

O pronunciamento de Torres foi feito justamente no momento em que Bolsonaro trava uma disputa com governadores e prefeitos sobre medidas de isolamento social para combater a disseminação de Covid-19.

O presidente chegou a entrar com ação no Supremo Tribunal Federal (STF) contra decretos e toques de recolher editados por governadores do Distrito Federal, da Bahia e do Rio Grande do Sul, mas não obteve êxito.

– Neste momento, a força da segurança pública tem que se fazer presente, garantindo a todos um ir e vir sereno e pacífico. Contem com o Ministério da Justiça e Segurança Pública para dar esta tranquilidade – afirmou Torres, que também destacou o combate ao crime organizado como uma de suas prioridades.

A Polícia Federal é subordinada ao Ministério da Justiça e Segurança Pública. Em recente conversa com o presidente, Torres disse a ele que o enfrentamento à pandemia também terá o olhar atento da corporação.

*Estadão

Leia também1 Bolsonaro diz que novo ministro da Justiça tem "sua própria PF"
2 Marco Aurélio: “O novato está assanhado, está se sentindo”
3 Carlos Bolsonaro vai ao MP para 'derrubar' lockdown no Rio
4 Nunes Marques defende igrejas abertas e critica hipocrisia
5 Gilmar Mendes dá 5 dias para o governo explicar uso da LSN

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.