Leia também:
X Mourão sobre ação do PL para anular votos: ‘Não vai prosperar’

No Catar, jornalista da Band repudia manifestações no Brasil

Luiz Megale chamou atos de "golpistas", ao vivo

Monique Mello - 23/11/2022 15h58 | atualizado em 23/11/2022 17h02

Luiz Megale Foto: Reprodução/Vídeo redes sociais

O repórter da Band Luiz Megale fez um desabafo ao vivo contra as manifestações que ocorrem no Brasil contra o processo eleitoral. O jornalista fazia uma transmissão diretamente do Catar, onde está cobrindo a Copa do Mundo de 2022. A crítica inicial foi em relação ao bloqueio de rodovias, mas se estenderam para todas as manifestações, que o repórter classificou como “golpistas”.

– Até quando a gente vai fingir que eles não são criminosos, vai fingir que não viu, que não vê? Que tem gente manietando essa gente? – indagou Megale.

O jornalista comentava sobre o caso de uma mulher em Rondônia, que relatou não ter conseguido chegar a tempo de ver a mãe doente ainda com vida por ter sido barrada em um bloqueio.

– O que dizer dessa gente que não permitiu que uma mulher pudesse acompanhar o último suspiro da sua mãe? – desabafou.

E prosseguiu:

– Até quando a gente vai aguentar isso? Até quando a gente vai fingir que isso é normal? Que esses são protestos pacíficos aceitáveis e democráticos? – questionou.

Megale diz ainda que há leniência por parte da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e outras corporações.

– Até quando a gente vai ver uma postura tão leniente da Polícia Rodoviária Federal, das polícias estaduais? Esse conluio entre autoridades golpistas e idiotas úteis que querem tocar fogo neste país? – disparou.

De acordo com a coluna de Mauricio Stycer, do UOL, a Band não se opôs às manifestações do repórter.

Confira:

Leia também1 PL pede a anulação de um total de 279 mil urnas eletrônicas
2 Felipe Neto recusa ida gratuita ao Catar: "Direitos humanos"
3 Moraes vai conceder medalha a PMs por trabalho nas eleições
4 Câmara aprova convocação de Nardes para explicar declaração
5 Após período recluso, Bolsonaro volta a trabalhar do Planalto

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.