Leia também:
X Rapaz ferido na barriga em praia nega ataque da namorada

Namorada de jovem eviscerado em praia admite uso de LSD

Rapaz acordou com a barriga aberta e o intestino para fora do corpo

Pleno.News - 01/02/2022 22h35 | atualizado em 02/02/2022 14h57

Entrada do local que dá acesso à praia onde o casal estava Foto: Reprodução/TV Gazeta

A namorada do estudante que foi encontrado com a barriga ferida e as vísceras expostas, em uma praia em Guarapari, no Espírito Santo, há duas semanas, admitiu que ambos teriam usado droga sintética na madrugada do crime.

Em depoimento à Polícia Civil nesta terça-feira (1º), ela disse que não se lembra de nada antes de “acordar” e notar que o namorado, Gabriel Muniz, estava com a cabeça em seu colo e com a barriga aberta.

Uma fonte ouvida pelo site Uol afirmou que a jovem admitiu que os dois, de 20 anos, usaram uma droga chamada “quadrado”, nome popular para o LSD em papel. Ela e Gabriel fizeram uso de um único entorpecente.

– Ela conta sempre que eles foram à praia para fazer uma despedida. Transaram, tomaram banho de mar à noite, ficaram lá, tomaram duas taças de vinho, até que o menino tirou um LSD, dividiu pra eles. Quando ela acordou, ele tava deitado com a cabeça no colo dela e com a barriga toda sangrando – revelou.

Os autos policiais indicam que, ao levantar-se da areia, a jovem notou que o celular dela estava tocando. Era sua mãe que estava tentando contato com ela desde 1h, já que haviam combinado de ela buscar a filha na praia.

– Ela marcou com a mãe, e a mãe ficou ligando para ela. Quando acordou, já eram quase 3h da manhã, e a menina atendeu à ligação muito desesperada, [não] falando coisa com coisa. Ela contou o que estava vendo. As duas ficaram cerca de 50 minutos ao telefone até que o pai a encontrou [na praia] – disse a fonte.

A jovem contou que também procurou um vigilante do local para pedir socorro. O homem foi ouvido pela Polícia Civil, mas não soube informar nada além do momento em que foi abordado pela menina, por volta das 4h. Ele também disse que não viu ninguém na região naquele momento. As câmeras de segurança da reserva ambiental Morro da Pescaria não registraram movimentação no parque.

As famílias do casal acreditam que eles foram vítimas de um crime praticado por terceiros. A menina também estava ferida nas mãos, na barriga e na perna, além de ter hematomas na cabeça e no rosto.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) afirmou que ainda não é possível afirmar que a namorada da vítima esteja envolvida na ação.

Leia também1 Casal usa drogas em praia, e jovem acorda com barriga aberta
2 Rapaz ferido na barriga em praia nega ataque da namorada
3 Namorada de jovem que teve barriga aberta detalha episódio
4 Polícia ouve namorada de jovem encontrado com barriga aberta
5 Família diz que jovem que teve barriga aberta foi vítima de 'ação criminosa'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.