CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Guilherme de Pádua defende Bolsonaro e provoca polêmica

Morre Vadão, ex-técnico da Seleção feminina, aos 63 anos

Ele lutava contra um câncer no aparelho digestivo

Pleno.News - 25/05/2020 15h34 | atualizado em 25/05/2020 15h57

Ex-técnico Vadão morreu aos 63 anos de câncer Foto: CBF/Lucas Figueiredo

O técnico Oswaldo Alvarez, de 63 anos, o Vadão, morreu nesta segunda (25). Ele estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, para tratar de um tumor no aparelho digestivo que estava em estado avançado.

A informação foi confirmada pela CBF, onde Vadão trabalhou até o ano passado como técnico da seleção feminina.

Ex-meia-esquerda de passagem discreta por times do interior paulista, ele se destacou como treinador a partir do final da década de 1980. Ficou famoso como formador do que ficou conhecido como “Carrossel Caipira”, a equipe do Mogi Mirim que tinha no ataque Rivaldo, Leto e Válber.

Os três saíram da equipe para jogarem por Corinthians ou Palmeiras. Rivaldo seria eleito o melhor do mundo em 1999.
Como treinador, foi campeão do Torneio Rio-São Paulo de 2001 pelo São Paulo. Também venceu estaduais no Paraná (Athletico-PR, em 1999) e Santa Catarina (Criciúma em 2013). Foi duas vezes técnico da seleção feminina, entre 2014 e 2016 e de 2017 a 2019. Foi campeão da Copa América em 2014 e 2018 mas não obteve bons resultados nos principais torneios que disputou.

No Rio de Janeiro, ficou em quarto lugar na Olimpíada de 2016 e acabou eliminado nas oitavas de final do Mundial de 2019.

*Folhapress

Leia também1 Campeão olímpico faz sucesso vendendo pizza na quarentena
2 Sem jogos, Premiere, da Globo, perde 360 mil assinantes
3 RJ: Flamengo anuncia a volta dos treinos em campo
4 Mortes caem na Espanha e país anuncia volta do futebol
5 Futebol brasileiro pode voltar no fim de junho, diz CBF

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo