Leia também:
X Após ‘ataque’ de Bonner, Otoni rebate com ‘vagabundo’ e ‘lixo’

Moraes já é alvo de outros 6 pedidos de impeachment

As ações citam a prisão de Daniel Silveira e o inquérito das Fake News

Gabriela Doria - 21/08/2021 14h38 | atualizado em 21/08/2021 14h47

Ministro Alexandre de Moraes, do STF Foto: Agência Brasil/Marcelo Camargo

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que nesta sexta-feira (20) foi alvo de um pedido de impeachment feito pelo presidente Jair Bolsonaro, já é objeto de outros seis pedidos de afastamento apresentados no Senado Federal só neste ano.

Os pedidos foram feitos por parlamentares, ex-parlamentares e cidadãos. Algumas ações citam o inquérito das Fake News, do qual Moraes é relator; outras são embasadas na prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ). Todas seguem ‘engavetadas’.

O senador Jorge Kajuru assina dois pedidos: um de fevereiro de 2021, em que questiona a prisão de Silveira, e outro que trata do mesmo tema, mas leva também as assinaturas dos colegas senadores Eduardo Girão (Podemos-CE), Lasier Martins (Podemos-RS, Styvenson Valentim (Podemos-RN) e Luis Carlos Heinze (PP-RS).

O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, preso a mando de Moraes, na semana passada, é autor de outro pedido. Jefferson acusa o ministro de atuar de forma “político-partidária” no inquérito das Fake News, do qual também é alvo.

As outras ações foram protocoladas por cidadãos, incluindo um militar da Marinha.

Ao todo, os ministros do STF são alvos de 11 pedidos de impeachment no Senado: 7 sendo contra Moraes, um contra Gilmar Mendes, um contra Cármen Lúcia e um contra Edson Fachin. Há ainda um pedido de impeachment contra todos os ministros da Corte.

Leia também1 'Não é revanche', diz Bolsonaro sobre impeachment de Moraes
2 'Lista negra' do STF, TSE e da CPI atinge 50 conservadores. Veja
3 Após 'ataque' de Bonner, Otoni rebate com 'vagabundo' e 'lixo'
4 'O Brasil tem muito patriota. Vai ter que prender mais gente'
5 Dez ex-ministros pedem rejeição da "aventura" de Bolsonaro contra o STF

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.