Leia também:
X Bolsonaro avisa: “2022 decidirá o rumo das próximas décadas”

Moraes envia à PGR pedido para investigar ida de Carlos à Rússia

Senador Randolfe Rodrigues foi o responsável por pedir apuração contra o vereador

Gabriela Doria - 23/02/2022 16h32 | atualizado em 23/02/2022 17h13

Vereador Carlos Bolsonaro acompanhou comitiva presidencial à Rússia Foto: PR/Alan Santos

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), encaminhou à Procuradoria-Geral da República (PGR) um pedido para investigar a viagem do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) à Rússia. A ação foi aberta pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que questionou a presença de Carlos na comitiva presidencial que visitou Moscou, na semana passada.

– Abra-se vista dos autos à Procuradoria-Geral da República para manifestação quanto ao requerimento formulado, no prazo de 5 (cinco) dias – disse Moraes em trecho do despacho.

Ainda de acordo com a iniciativa de Randolfe, o senador quer que seja apurada a atuação do assessor presidencial Tércio Arnaud. O parlamentar suspeita de que Tércio e Carlos estiveram na Rússia para obter mais informações sobre o aplicativo Telegram.

Nos últimos meses, o aplicativo de mensagens de origem russa virou alvo de preocupação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por causa da falta de transparência e de dados sobre sua atuação no Brasil. O temor da Corte Eleitoral é que o app seja usado para disseminar fake news durante o processo eleitoral.

Leia também1 Saiba qual é o poder militar da Rússia e da Ucrânia
2 China defende Rússia e culpa EUA por crise: ‘Irresponsáveis’
3 Em nota, Ucrânia pede que seus cidadãos deixem a Rússia
4 Trump considera genial atitude de Putin em relação à Ucrânia
5 Ucrânia prepara decreto de emergência para todo o país

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.