Leia também:
X Zambelli detona “DitaDoria” por afastar coronel da PM

Moraes arquiva pedido para investigar Aras por prevaricação

Notícia-crime apresentada por senadores acusava PGR de se omitir sobre ações de Jair Bolsonaro

Gabriela Doria - 23/08/2021 18h00 | atualizado em 23/08/2021 18h14

Moraes arquivou pedido de investigação contra Augusto Aras por prevaricação Foto: Agência Senado/Pedro França

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu arquivar, nesta segunda-feira (23), um pedido de investigação contra o procurador-geral da República, Augusto Aras.

Senadores acusavam o PGR de prevaricação – quando um agente público “retarda ou deixa de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou o pratica contra disposição expressa de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal”.

O pedido foi protocolado pelos senadores Alessandro Vieira (Cidadania) e Fabiano Contarato (Rede). Eles acionaram o STF com uma notícia-crime acusando Aras de se omitir diante dos atos e declarações do presidente Jair Bolsonaro – que tem disparado críticas ao STF e questionado a lisura e a segurança do sistema eleitoral.

Em seu despacho, Moraes argumentou que os senadores não apresentaram elementos que pudessem justificar o envio da ação ao Conselho Superior do Ministério Público. O ministro disse ainda que não ficou caracterizado de que maneira Aras se beneficiaria da suposta inação apontada pelos senadores.

Moraes lembrou ainda da importância da independência e da autonomia do Judiciário perante os Poderes.

– Entre as garantias constitucionais previstas ao Ministério Público, consagrou-se a independência ou autonomia funcional de seus membros, com uma clara e expressa finalidade definida pelo legislador constituinte, qual seja, a defesa impessoal da ordem jurídica democrática, dos direitos coletivos e dos direitos fundamentais da cidadania, não sendo possível suprimi-las ou atenuá-las, sob pena de grave retrocesso – afirmou o ministro.

Leia também1 Zambelli detona "DitaDoria" por afastar coronel da PM
2 PSOL pede que MPF investigue Ribeiro por 'discriminação'
3 Paulo Guedes diz que Brasil se recuperou em tempo recorde
4 Lewandowski nega pedido de domiciliar para Abdelmassih
5 Coronel enfrenta Doria e publica convocação para 7 de setembro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.