Leia também:
X Arthur Lira e outros políticos reagem à violência política

Míriam acusa Bolsonaro de incitar violência e leva invertida

Jornalista criticou o atual governo em sua coluna no Jornal O Globo

Pleno.News - 11/07/2022 14h40 | atualizado em 11/07/2022 16h05

Jornalista Míriam Leitão Foto: Reprodução/TV Globo

A jornalista Míriam Leitão foi mais uma figura pública a repercutir a morte do guarda municipal e tesoureiro do PT Marcelo Aloizio de Arruda, neste sábado (9) em Foz do Iguaçu, no Paraná. Em sua coluna do Jornal O Globo desta segunda-feira (11) Míriam responsabiliza o governo Bolsonaro, uma vez que o autor dos tiros que mataram o petista é apoiador do chefe do Executivo.

A jornalista cita o fato de que Bolsonaro é a favor do armamento da população civil e que, na sua visão, isso denota uma “autorização presidencial à violência”.

– O presidente tem incentivado o confronto político e doura a pílula dizendo que é a defesa da liberdade. Qualquer opção política que não for a dele, e qualquer eleição que favorecer o PT é a perda da liberdade, na visão distorcida que o presidente defende. Ele defende o fim da democracia e os ideais da ditadura – diz trecho da coluna.

Bolsonaro, por sua vez, rebateu as declarações de Miriam, citando o polêmico agradecimento de Lula a um ex-vereador petista que foi preso por tentativa de homicídio.

– Será que o segredo para ganhar sua simpatia é aplaudir ataques violentos a opositores ao invés de rejeitar esse tipo de apoio como fiz? Há dois dias seu candidato literalmente agradeceu e elogiou um vereador do PT pela tentativa de homicídio de um opositor e você não falou nada… – disparou o presidente, no Twitter.

Leia também1 Arthur Lira e outros políticos reagem à violência política
2 PT reclama, e delegada é tirada do caso de petista morto em Foz
3 Justiça decreta prisão preventiva de agente que matou petista
4 Bolsonaro protesta pelo fato de homem que matou petista ser chamado de "bolsonarista"
5 Bolsonaro: "Dispensamos o apoio de quem pratica violência"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.