Leia também:
X Setor de planos de saúde lidera reclamações em 2017

Ministério da Saúde inclui 10 novas terapias no SUS

Procedimentos alternativos usam florais, substâncias produzidas por abelhas e até hipnose

Gabriela Doria - 12/03/2018 16h53

O Ministério da Saúde anunciou, nesta segunda-feira (12), a inclusão de 10 novas terapias ao rol de procedimentos do Sistema Único de Saúde (SUS). Conhecido como Práticas Integrativas e Complementares (PICS), os novos tratamentos usam métodos alternativos para tratar e prevenir doenças como depressão e hipertensão. Ao todo, o SUS já oferece 29 terapias.

O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, durante a abertura do 1º Congresso Internacional de Práticas Integrativas e Saúde Pública (INTERCONGREPICS), que aconteceu no Rio de Janeiro.

– É prioridade não deixar que o país adoeça. Agora, o Brasil passa a contar com 29 práticas integrativas pelo SUS. Somos líderes na oferta dessa prática com 9350 estabelecimentos em 3173 municípios. Essas práticas são uma prevenção para que pessoas não fiquem doentes, não precisem de internação ou cirurgia, o que custa muito para o SUS. Vamos retomar nossas origens e dar valor à medicina tradicional milenar – defendeu o ministro.

Veja quais são os novas terapias que o SUS passará a oferecer:

1. Apiterapia
Este procedimento usa substâncias produzidas pelas abelhas nas colmeias, como a apitoxina, geléia real, pólen, própolis, mel e outros;

2. Aromaterapia
Esta terapia usa óleos essenciais retirados de vegetais. Em determinadas concentrações, promovem o bem estar e a saúde;

3. Bioenergética
A bioenergética adota a psicoterapia e os exercícios terapêuticos como forma de compreender os motivos que causam sofrimento e, desta forma, curá-los. Este método trabalha formas de relaxamento do corpo e ajuda na expressão de sentimentos contidos;

4. Constelação familiar
Forma de representar espacialmente os membros familiares e, a partir daí, identificar a origem de bloqueios emocionais que prejudicam o bem estar mental;

5. Cromoterapia
Uso da harmonia de cores para a prevenção e tratamento de doenças;

6. Geoterapia
Nesta terapia, a argila com água é aplicada no corpo para ajudar na cicatrização de ferimentos, lesões e doenças associadas aos ossos e músculos;

7. Hipnoterapia
Através do relaxamento do corpo, o paciente é induzido a um estado mental mais aguçado. Desta maneira, é possível mudar comportamentos que prejudicam a saúde como, por exemplo, fumar;

8. Imposição de mãos
Nesta procedimento, o terapeuta usa as mãos próximas ao corpo do paciente para transferir energia. Ela atua na promoção do bem estar e ajuda a diminuir o estresse e a ansiedade;

9. Ozonioterapia
Por meio da mistura de certas quantidades dos gases oxigênio e ozônio, é possível melhorar diversas doenças. O produto é administrado por várias vias e bastante utilizado em especialidades da odontologia, neurologia e oncologia;

10. Terapia de Florais
Esta terapia usa essências florais que alteram estados vibratórios do paciente. O resultado são melhorias no equilíbrio mental e na percepção da vida de um modo geral.

Siga-nos nas nossas redes!
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.