Leia também:
X No Catar, jornalista da Band repudia manifestações no Brasil

Equipe de transição terá termo de confidencialidade

O documento vai coibir o vazamento de informações

Leiliane Lopes - 23/11/2022 16h27 | atualizado em 24/11/2022 11h16

Senadores e deputados federais do PT atuam na transição de governo Foto: Partido dos Trabalhadores

O governo de transição pedirá aos membros dos grupos para assinarem um termo de integridade que impedirá que informações internas sejam vazadas ou utilizadas para benefício pessoal.

A assinatura desse termo de confiabilidade é uma das condições para que membros, contratados ou voluntários, possam permanecer no trabalho.

Foi o grupo de Transparência, Integridade e Controle que teve a iniciativa de impor a assinatura desse documento para os integrantes da equipe.

Segundo o site G1, a minuta do texto foi entregue para o coordenador da transição, Geraldo Alckmin, que deve avaliar e sugerir eventuais mudanças. Mais de 300 pessoas fazem parte de 31 grupos de trabalho do governo de transição.

Leia também1 No Catar, jornalista da Band repudia manifestações no Brasil
2 Mourão sobre ação do PL para anular votos: 'Não vai prosperar'
3 Pedro Cardoso critica Frota na transição: "Alpinista social"
4 Apedrejado: Gustavo Gayer tem carro atacado em Brasília
5 Moraes vai conceder medalha a PMs por trabalho nas eleições

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.