Leia também:
X TCE investiga governo de SP por compra de respiradores

Marca é criticada por vender máscaras a R$ 147

Eles explicaram que R$ 70 serão revertidos em cesta básica

Henrique Gimenes - 05/05/2020 21h51 | atualizado em 06/05/2020 21h36

Com a pandemia de coronavírus, as máscaras ganharam uma importância na vida das pessoas. Além de oferecer uma certa proteção contra a Covid-19, muita gente gosta de personalizar a peça. Pensando nisso, diversas marcas decidiram lançar seus próprios equipamentos de proteção com um estilo despojado. Uma dessas foi a Osklen, que passou a vender um pacote com duas máscaras por R$ 147.

Devido ao preço, no entanto, a marca acabou virando alvo de críticas em redes sociais. Usuários apontaram o alto preço do produto na comparação com as máscaras feitas por outros costureiros e costureiras.

Eles também falaram sobre uma tentativa de empresa em lucrar durante a crise.

Em resposta às críticas, a Osklen informou que parte do valor do pacote será revertido em cestas básicas “para a comunidade do Jacarezinho, zona norte do Rio de Janeiro, onde vivem 50 mil pessoas em situação de vulnerabilidade social”.

Leia também1 Covid-19: Brasil registra 600 novas mortes em 24 horas
2 Pará fará lockdown em 10 cidades a partir de quinta-feira
3 Covid: Inadimplência na conta de luz subiu de 3% para 12%

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.