Leia também:
X Mourão confirma que não será vice de Bolsonaro nas eleições

Marca de bicicletas nega vínculo com youtuber Monark

Empresa afirmou também que não compactua com as opiniões do influenciador

Pleno.News - 11/02/2022 11h00 | atualizado em 11/02/2022 11h14

Marca de bicicletas quer desvincular seu nome da imagem do youtuber Fotos: Divulgação/Monark // Reprodução/YouTube

A fabricante de bicicletas Monark entrou na lista de marcas que tentam distanciar suas imagens de Bruno Aiub, também conhecido como Monark, após o youtuber defender a formalização de um partido nazista junto à Justiça Eleitoral brasileira. Em seu site oficial, a empresa informou não ter relação alguma com o apresentador, cujo apelido remete ao nome da marca.

– Informamos não ter nenhum tipo de vínculo com o youtuber apelidado de Monark sem nenhuma autorização da nossa companhia. Repudiamos veementemente qualquer manifestação de racismo ou conduta que possa prejudicar qualquer pessoa ou grupo social – escreveu a empresa em nota.

Após as declarações do youtuber, companhias vinculadas ao Flow Podcast como Ragazzo (do Grupo Habib’s), Mondelez Brasil, Puma, iFood, Flash Benefícios e Insider também usaram as redes sociais para distanciar sua imagem do programa em áudio.

O apresentador passou a ser investigado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) e pelo Ministério Público de São Paulo (MP-SP) por suspeita de apologia ao nazismo. Nesta quinta, no Twitter, Monark se queixou da repercussão.

– Eu posso ter errado na forma como eu me expressei, mas o que estão fazendo comigo é um linchamento desumano – publicou.

*AE

Leia também1 Justiça manda Flow tirar falas nazistas de todas as redes
2 Malafaia critica fala de Monark sobre partido nazista: "Afronta"
3 "O que estão fazendo comigo é um linchamento desumano"
4 Web manifesta apoio a Adrilles e levanta #adrillesdevolta
5 Monark poderá ser preso, indica Ministério Público de São Paulo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.