Leia também:
X Dino: Não há elementos para investigar Bolsonaro por minuta

Lula: “Forças Armadas não são poder moderador como pensam”

O presidente dispensou militares até do cargo de ajudantes de ordens, ocupados agora por seus seguranças

Leiliane Lopes - 13/01/2023 14h56 | atualizado em 13/01/2023 15h42

Lula promove café da manhã com jornalistas no Palácio do Planalto Foto: PR/Ricardo Stuckert

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) demonstrou não confiar nas Forças Armadas e fez declarações polêmicas durante o café da manhã com jornalistas, que ele promoveu no Palácio do Planalto, nesta quinta-feira (12).

Em uma das falas, o novo chefe do Executivo declarou que não irá escolher militares como ajudantes de ordens. Os ajudantes de ordem, também chamados de “cordinha”, andam lado a lado do presidente da República, participam de reuniões e têm acesso a informações pessoais como telefone celular e mala.

– Eu perdi a confiança, simplesmente. Na hora que eu recuperar a confiança, eu volto à normalidade – declarou o petista que vai escalar os seguranças que atuam com ele para essa função.

Lula falou contra as Forças Armadas por estarem alinhadas ao ex-presidente Jair Bolsonaro. E ele deu exemplos do que o fez perder a confiança nos militares: o sargento da Marinha, Ronaldo Travassos, ex-motorista do General Augusto Heleno, estava entre os manifestantes na porta do Quartel-General do Exército. Outros motivos foram as ameaças que recebeu, por meio da imprensa, de militares que não aceitavam sua vitória e diziam que ele não subiria a rampa.

– Como vou ter uma pessoa na porta da minha sala que pode me dar um tiro? – questionou Lula.

Em outra fala, o presidente declarou que as Forças Armadas não são poder moderador.

– As Forças Armadas não são poder moderador como pensam que são. As Forças Armadas têm um papel definido na Constituição que é a defesa do povo brasileiro e a defesa da nossa soberania contra conflitos externos. É isso que eu quero que eles façam bem-feito.

Leia também1 Nikolas tem Instagram suspenso de novo: "Querem me calar"
2 Ninguém usou cartão como Lula em anos eleitorais
3 Moraes: Cappelli deverá explicar conduta dos agentes no DF
4 Steve Bannon diz que vitória de Lula nas eleições foi "roubada"
5 Médico opera olho errado, cega idoso e terá de pagar R$ 100 mil

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.