Lewandowski: ‘Senti obrigação de defender a honra do STF’

Ministro do Supremo justificou a prisão de advogado por "injúria"

Pleno.News - 06/12/2018 12h55

Cristiano Caiado de Acioli foi preso por criticar Ricardo Lewandowski durante voo Arte: Pleno.News

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski justificou a prisão do advogado Cristiano Caiado de Acioli, de 39 anos, à coluna da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, nesta quinta-feira (6).

O ministro afirmou que pediu a intervenção da Polícia Federal para “defender a honra” da Corte. No dia do ocorrido, seu gabinete afirmou que “o passageiro começou a injuriar o STF como instituição, não pessoalmente ao ministro Lewandowski”.

– Se fosse ofensa ao meu trabalho, eu poderia até relevar, como já relevei em várias outras ocasiões. Eu me senti na obrigação de defender a honra do Supremo – declarou o magistrado.

Nesta quarta, Acioli concedeu uma entrevista ao programa Café com Jornal e afirmou que foi vítima de abuso. Ele revelou que irá pedir o impeachment do ministro do STF Ricardo Lewandowski.

LEIA TAMBÉM+ Em Brasília, Bolsonaro se reúne com futuros ministros
+ Toffoli quer apuração de caso de advogado e Lewandowski
+ Janaina Paschoal critica prisão de advogado que ofendeu STF

  • Adicione nosso número de WhatsApp: +55 (21) 97150-9158 e envie sugestões direto para a redação.