Leia também:
X “Esse STF não se verga e não se destrói”, diz Cármen Lúcia

Leite é cobrado por alto preço da gasolina e culpa Jair Bolsonaro

Governador do RS foi confrontado por populares

Gabriela Doria - 10/09/2021 11h46 | atualizado em 10/09/2021 11h53

Governador Eduard Leite foi cobrado por populares sobre preço dos combustíveis Foto: Reprodução

Durante passagem pela Expointer nesta semana, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), foi confrontado por populares sobre o preço da gasolina. Questionado sobre o aumento nos combustíveis, Leite se esquivou e culpou o presidente Jair Bolsonaro.

Ao passar cumprimentando apoiadores que estavam no evento, um deles cobrou:

– E o preço da gasolina, governador? Tem que abaixar! – disse um homem.

Neste momento, Leite, que estava acompanhado da secretária estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Silvana Covatti, disparou.

– Isso aí é com o Bolsonaro – disse e deu as costas para o homem.

Insatisfeita com a resposta, uma das pessoas chegou a falar: “Não, não tem anda a ver com o Bolsonaro”.

Visivelmente irritado, o governador do RS se voltou para o grupo e disparou:

– O ICMS no início do ano era o mesmo, e a gasolina era R$ 4,00, agora está R$ 7,00. O ICMS era o mesmo. Por que era R$ 4 e agora é R$ 7? Me explica isso? – rebateu Leite, sem conseguir convencer o público.

Leia também1 'Entendo que estejam chateados, mas calma, sou o chefe da nação'
2 Fiesp divulga manifesto 'A Praça É dos Três Poderes'
3 Comércio cresce 1,2% em julho e atinge patamar recorde
4 Nelson Piquet se mantém firme: "Sou Bolsonaro até a morte"
5 Barroso 'não convence ninguém' ao defender urnas, diz Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.