Leia também:
X TSE ordena remoção de publicações contrárias a Lula

Léia Miranda diz que diretores da IPDA são maçons

A filha do falecido pastor David Miranda está contra sua irmã e sobrinho

Leiliane Lopes - 19/09/2022 17h55 | atualizado em 19/09/2022 18h20

A evangelista Léia Miranda foi disciplinada após vazar áudio com conversa íntima Foto: Reprodução Youtube

Disciplinada após um suposto áudio que expõe um possível relacionamento extraconjugal, a evangelista Léia Miranda resolveu denunciar integrantes da diretoria da Igreja Pentecostal Deus é Amor (IPDA).

A filha do fundador da denominação declarou que muitos da diretoria estão ligados à maçonaria, mas não deu nomes.

– Esta diretoria que está em atividade é uma diretoria com muitas pessoas que se vendem, corruptos, e alguns deles, inclusive, estão em conchavo com a maçonaria – declarou ela durante uma reunião realizada na noite da última quinta-feira (15), antes da chegada da polícia.

– Eu não aceito que a diretoria continue agindo da maneira como tem agido. Porque esse grupo de rebeldes que tem atuado aqui na Igreja Deus é Amor não recebe nenhuma disciplina, não é penalizado de forma alguma, mesmo tendo tanta prova contra eles. Já eu, baseado em um vídeo mentiroso e difamatório, fui afastada até que eu prove minha inocência – comentou.

A evangelista disse que já contratou advogados e tomará as medidas necessárias para voltar a exercer seus cargos administrativos e eclesiásticos.

Leia também1 Escândalo e polícia: Entenda o que acontece na Deus é Amor
2 Nikolas Ferreira comenta caso de ativista se infiltrar na igreja
3 Bruna Marquezine revela motivo que a fez desistir da igreja
4 Morre aos 28 anos, Caio Mota, da Igreja Lagoinha Niterói
5 Filha de bilionário assassinada nos EUA era cristã e professora

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.