Leia também:
X Zambelli recorre para tentar ‘barrar’ Renan Calheiros na CPI

Justiça vê risco de vida e concede escolta da PM a Gabriel Monteiro

Vereador é ameaçado de morte por criminosos

Gabriela Doria - 28/04/2021 17h20 | atualizado em 28/04/2021 17h43

Vereador Gabriel Monteiro consegue escolta policial na Justiça Foto: Reprodução

O vereador do Rio de Janeiro Gabriel Monteiro (PSD) conseguiu na Justiça o direito de ter escolta policial novamente. Alvo de ameaças, até de uma tentativa de homicídio, o parlamentar afirmou que a Polícia Militar “retirou a proteção sem motivo”.

Em sua decisão, o juiz Alberto Republicano de Macedo Jr., da 1ª Turma Recursal da Fazenda Pública, disse entender que a vida de Gabriel corre risco.

– Com efeito, os links que instruíram a petição inicial do agravo e da lide primitiva são mais do que suficientes para demonstrar que a não concessão da tutela de mérito consistente no fornecimento de escolta policial pode lhe causar dano irreversível, qual seja, violação à sua integridade física e até risco à sua vida – argumentou o magistrado.

Ainda segundo Macedo Jr., o pedido do vereador não causa prejuízo à atividade da Polícia Militar e é constitucional.

– Não se está aqui adentrando ao mérito da causa, mas apenas reconhecendo que a concessão da liminar vindicada, além de não causar qualquer prejuízo ao efetivo da Polícia Militar, dá regular cumprimento às normas constitucionais.

Em suas redes sociais, Gabriel comemorou a decisão da Justiça e indicou que continuará atuando contra “o sistema”.

– A Justiça acaba de entender que minha vida está em perigo. Em decisão rara, o Poder Judiciário obriga o Estado a preservar minha vida. Mexer com o sistema não é fácil. A Polícia Civil tem em inquérito provas de que colocaram R$ 2 milhões pela minha cabeça. Irei até meu último suspiro – afirmou.

Leia também1 Governo analisa ajuda a famílias mais pobres para botijão de gás
2 Alesp veta projeto que proibia propaganda LGBT para crianças
3 Por unanimidade, STF torna réu o deputado Daniel Silveira
4 TRF-4 revoga prisão preventiva do ex-deputado Eduardo Cunha
5 Weintraub: 'Estou disposto a impedir que o Brasil vire a Venezuela'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.