Leia também:
X TSE dá 24 horas para Bolsonaro excluir imagens do 7/9 das redes

Justiça de São Paulo decreta falência da Itapemirim

A viação, uma das referências em transporte rodoviário no país, estava em recuperação judicial desde 2016

Pleno.News - 21/09/2022 16h44 | atualizado em 21/09/2022 17h55

Empresário Sidnei Piva de Jesus Foto: WERTHER SANTANA/ESTADÃO CONTEÚDO

A Viação Itapemirim e suas subsidiárias tiveram sua falência decretada nesta quarta-feira (21) pela 1ª Vara de Falências e Recuperação Judicial do Tribunal de Justiça (TJ) de São Paulo. A decisão, proferida pelo juiz João de Oliveira Rodrigues Filho, atendeu a um pedido do banco Bradesco, um dos credores da companhia.

A viação, uma das referências em transporte rodoviário no país, estava em recuperação judicial desde 2016. O negócio foi alvo de diversas polêmicas, incluindo brigas entre sócios e administradores, nos últimos anos.

Um dos capítulos mais comentados nos últimos tempos foi quando a companhia, mesmo estando em recuperação judicial, conseguiu a autorização para montar uma empresa do setor aéreo, a ITA, mesmo em meio à pandemia de Covid-19, um dos momentos de maior crise para o segmento.

Depois de anos em gestação, o negócio ficou no ar somente por cinco meses, entre acusações de atrasos de salário e de outros direitos de trabalhadores. No fim de 2021, pouco antes do Natal, a empresa cancelou subitamente seus voos, deixando milhares de passageiros sem atendimento.

*AE

Leia também1 TSE dá 24 horas para Bolsonaro excluir imagens do 7/9 das redes
2 Voto impresso permitia muitas fraudes, diz presidente do STF
3 'Não vamos permitir uma guerra nuclear' promete Biden na ONU
4 Ciro Gomes "se esquiva" de discutir aborto em campanha

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.