Leia também:
X Alexandre de Moraes manda prender ex-comandante da PM

Interventor do DF culpa Torres pelos ataques em Brasília

Cappelli critica as nomeações feitas pelo ex-ministro de Bolsonaro no dia 2 de janeiro

Leiliane Lopes - 10/01/2023 16h35 | atualizado em 10/01/2023 16h57

Ricardo Cappelli Foto: Reprodução / Youtube / Programa Algo Mais

Nesta terça-feira (10), o interventor federal na Segurança Pública do Distrito Federal, Ricardo Cappelli, sugeriu que o ex-secretário de Segurança Pública do DF, Anderson Torres, tenha participação nos atos de vandalismo que aconteceram na capital federal no domingo (8).

Cappelli falou em “sabotagem na segurança da capital” ao dizer que Torres mudou todo o comando da secretaria antes de viajar para fora do Brasil. O ex-ministro da Justiça de Jair Bolsonaro não estava em Brasília no dia que manifestantes invadiram e vandalizaram as sedes dos Três Poderes.

– No dia 1º, tivemos uma posse com milhares de pessoas e uma operação de segurança extremamente exitosa. O que mudou para o último domingo, dia 8, foi que, no dia 2, Anderson Torres assumiu a Secretaria de Segurança, exonerou todo o comando e viajou. Se isso não é sabotagem, eu não sei o que é – disse Cappelli em entrevista à CNN.

Torres foi escolhido pelo governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), que também assumiu o cargo no dia 1º. O ex-ministro de Bolsonaro nomeou novos servidores antes de deixar o país.

Por causa do que aconteceu em Brasília, o governador precisou exonerá-lo e também foi afastado do cargo por decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Leia também1 Alexandre de Moraes manda prender ex-comandante da PM
2 Direitos Humanos monitora situação de detidos em ginásio
3 Patrícia Poeta é criticada por sua frieza com mãe de luto
4 Biden convida Lula para visitar Washington em fevereiro
5 Mulheres e idosos foram liberados pela Polícia Federal

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.