Leia também:
X Presidenciáveis lamentam destruição do Museu Nacional

Instituições de caminhoneiros negam nova paralisação

Mensagem que está circulando nas redes sociais alerta para o risco de greve

Jade Nunes - 03/09/2018 10h48

Entidades negaram nova paralisação Foto: Agência Brasil/Antônio Cruz

A Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA) e a Associação Brasileira dos Caminheiros (Abcam) afirmaram desconhecer a União dos Caminhoneiros do Brasil (UDC), que está anunciado via redes sociais, uma nova paralisação em até 10 dias, contados a partir de 30 de agosto.

– Nós não podemos a qualquer situação tentar promover movimento nacional de paralisação de caminhoneiros. Isso vai desvalorizar, desmerecer, perder a credibilidade para a categoria que teve o reconhecimento nacional da sua importância – afirmou Diumar Bueno, da CNTA, ao portal G1.

Ainda segundo Bueno, nenhuma entidade sindical que coordenou e participou do movimento anterior está se organizando para uma greve.

Já a Abcam informou que solicitou uma reunião com o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, para falar sobre o preço do óleo diesel.

– A Abcam se mantém vigilante no cumprimento do acordo realizado com o governo federal. A associação, que sempre acreditou no diálogo, fará o possível para evitar uma nova paralisação – declarou a instituição.

Leia também1 Presidenciáveis lamentam destruição do Museu Nacional
2 Cabo Daciolo não comparece a entrevistas no Grupo Globo
3 Temer fala sobre medidas para receber venezuelanos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.