Leia também:
X Flávio relembra facada e diz que Bolsonaro “tem missão dos céus”

Igor, do Flow, aponta ‘boicote’ do YouTube ao vídeo com Bolsonaro

Mesmo com 11 milhões de visualizações, vídeo não é facilmente encontrado na plataforma

Monique Mello - 11/08/2022 17h49 | atualizado em 11/08/2022 18h27

Bolsonaro no Flow Podcast, apresentado por Igor Coelho Foto: Divulgação

Passados três dias da entrevista concedida pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) ao Flow Podcast, o vídeo segue aparentemente “escondido” pelo YouTube. Isto porque o episódio não é facilmente encontrado em uma simples busca na plataforma, mesmo com o número impressionante de 11 milhões de visualizações.

No dia seguinte à entrevista, na terça-feira (9), o apresentador Igor Coelho já havia apontado o problema por meio dos stories do Instagram. No episódio do Flow desta quarta (10), o host reiterou sua desconfiança.

– O programa não aparece [no YouTube]…interessante. O que aconteceu segunda-feira […] não foi qualquer segunda-feira. Pô, eu tenho certeza que os caras do YouTube estavam vendo – disse, sendo endossado pelo seu convidado, o comediante Rogério Morgado.

Em muitas contas, ao digitar “Bolsonaro Flow” ou “Flow Bolsonaro” na busca do YouTube, o episódio completo da entrevista não aparece nem ao menos na primeira página, que é tomada apenas pelos vídeos de cortes do episódio ou vídeos de outros canais repercutindo a entrevista.

A conversa com o presidente da República, que teve 5 horas e 20 minutos de duração, chegou a alcançar uma audiência de 570 mil espectadores simultâneos, o que também não fez com que entrasse na aba dos vídeos “em alta” da plataforma.

– Não tem condição de não ter entrado [em alta], pelo menos nas primeiras 24 horas – questionou Rogério Morgado.

Em contrapartida, digitando “Lula Podpah”, a entrevista do petista ao referido podcast aparece no topo da página. O vídeo conta com um pouco mais de 9 milhões de visualizações, com a diferença de que foi transmitido há oito meses.

O Pleno.News tentou contato com o YouTube por email nesta quarta (10) em busca de explicações. A assessoria da plataforma respondeu solicitando o “link do vídeo em questão”, o que foi prontamente atendido. Até a tarde desta quinta (11), ainda não houve resposta.

O influenciador Alessandro Santana, do Canal do Negão, acredita que opositores podem ter formado um conluio para denunciar o vídeo, o que faz com que o mesmo perca o alcance.

– Se eu pudesse apostar, apostaria que o pessoal está denunciando na maldade o vídeo – disse Santana.

Leia também1 Após Flow, Bolsonaro participará do podcast de Rica Perrone
2 Bolsonaro no Flow tem o dobro da audiência de Lula no Podpah
3 Dor de cotovelo? Ciro chama Bolsonaro no Flow de "vergonhoso"
4 Vereadoras do PSOL acionam MP após fala de Bolsonaro no Flow
5 Flow com Bolsonaro ultrapassa audiência de show de Beyoncé

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.