Leia também:
X Araújo não vê razões políticas para atraso de insumos da China

Ifood bloqueia ‘batatas ao murro’ e outros pratos ‘ofensivos’

Plataforma alega que mudança ocorreu em função de um novo algoritmo, que filtra palavras 'agressivas' para os consumidores

Monique Mello - 18/05/2021 13h56 | atualizado em 18/05/2021 16h36

Batatas ao murro é um tradicional prato português Foto: Reprodução

A plataforma de entregas de comida Ifood surpreendeu donos de restaurantes ao banir do cardápio pratos com nomes considerados ‘ofensivos’. A mudança veio à tona após ser exposta pelo chef Alexandre Henriques, do restaurante especializado em gastronomia portuguesa Gruta De Santo Antônio, no Rio de Janeiro, neste domingo (16). Alguns pratos foram retirados da plataforma sem aviso prévio aos donos de estabelecimentos.

– Não poderemos usar mais a descrição batata ao murro no prato Bacalhau Lagareiro, no aplicativo iFood, pois pelo código de conduta, esse nome tradicional, é ofensivo – publicou o chef, em seu perfil no Instagram.

A “batata ao murro” é um prato popular de origem portuguesa e está no cardápio do restaurante desde 1977.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Chef Alexandre Henriques (@chefalexandrehenriques)

– Não avisaram, disseram que tinham mudado a política de uso, e não teve conversa. Eu tive prejuízo porque os clientes acharam que o prato tinha saído. Mais do que isso, é um prato que está há mais de 100 anos no Brasil, desde a época do Império. Se eu colocar batatas amassadas descaracteriza o prato, fica feio. Imagina se tivesse puttanesca no prato? – questiona, se referindo a um tradicional molho italiano.

Em entrevista ao Globo, o chef contou que outros donos de restaurantes também tiveram problemas com alguns de seus pratos.

– Teve um que disse que pediram para mudar ‘punheta de bacalhau’. É também um prato típico português. Como vai definir? Dizer que um bacalhau cru desfiado à mão com temperos não é punheta? – disse Henriques.

IFOOD PEDE DESCULPAS

Horas após as reclamações viralizarem, o iFood esclareceu ter sido um erro do “sistema tecnológico que analisa e monitora palavras utilizadas dentro da plataforma”. A empresa pediu desculpas pela falha e confirmou que o cardápio acabou sendo liberado.

– Esse sistema é treinado continuamente para entender o contexto em que as palavras são utilizadas a fim de aumentar a assertividade e o nível de segurança. No o caso em questão, houve a interpretação equivocada da expressão ‘batata ao murro’. O erro foi identificado e o item do cardápio foi liberado imediatamente – disse a plataforma em nota, que não se referiu aos outros pratos “bloqueados” de outros restaurantes.

 

Leia também1 Shiba, fundador do China in Box, retorna após dois anos em coma
2 Alerta: Saiba como se proteger do 'golpe do entregador'
3 Mil gatos são soltos em Chicago para combater praga de ratos
4 Ex-modelo é vista em situação de rua e procurando comida no lixo
5 Silvia Abravanel surpreende ao mostrar seu novo 'mascote'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.