Leia também:
X Vereadora morta completaria 27 anos nesta sexta-feira

Humorista perde emprego após denúncia de Tabata Amaral

A deputada denunciou o comediante por fazer piada sobre uma mulher cadeirante

Leiliane Lopes - 10/03/2023 16h43 | atualizado em 10/03/2023 17h44

Bruno Lambert Foto: Reprodução Instagram @obrunolambert

O humorista Bruno Lambert foi denunciado pela deputada federal Tabata Amaral (PSB-SP) por suposta discriminação contra deficientes físicos. Ele fez uma piada sobre o dia em que conheceu uma mulher cadeirante.

A parlamentar viu “capacitismo” no show de stand-up e acionou o Ministério Público contra o comediante. Além do trabalho como comediante, Lambert tinha um emprego formal e acabou sendo demitido após a repercussão do caso.

– Bom turma, a deputada Tabata Amaral defende e admira o diálogo, interessante que comigo não houve isso, simplesmente me denunciou e consequentemente aos poucos minha vida foi virando de cabeça pra baixo. Hoje fui demitido e não acredito que seja coincidência – revelou ele nas redes sociais nesta quinta-feira (9).

Formado em administração de empresas, Lambert trabalhava em uma empresa há mais de nove anos e estava no cargo de gerente de produtos.

Ele escreveu que a demissão é “mais um ônus por ser comediante e a exposição que a deputada” o submeteu após repercutir um vídeo e ainda denunciá-lo.

O humorista lamentou o ocorrido e criticou a parlamentar por não escolher o diálogo.

– Vou dormir angustiado e triste, porém, convencido que a jornada só está começando – completou.

ASSISTA:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Bruno Lambert (@obrunolambert)

Leia também1 Com 49 anos, Sheherazade conta que sonha engravidar
2 Bebê de 2 anos morre com 59 lesões; pai e madrasta são presos
3 Ex-BBB Ana Paula e Nikolas Ferreira discutem durante voo
4 Governo Lula já bate recorde de desmatamento na Amazônia
5 STF tem maioria para manter decretos antiarmas de Lula

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Canal
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.