Leia também:
X “Contratos de gestões passadas serão reavaliados”, diz Tebet

Homem fala sobre Constituição: “Salvei e levantei como Rei Leão”

O livro foi devolvido para a Polícia Federal em Varginha (MG)

Leiliane Lopes - 12/01/2023 19h01 | atualizado em 12/01/2023 20h22

Manifestante disse que salvou o livro de vândalos que queriam rasgá-lo Foto: Reprodução

O homem que furtou a réplica da Constituição Federal, no Supremo Tribunal Federal (STF) no último domingo (8), devolveu o objeto para a Polícia Federal em Varginha, Minas Gerais, nesta quarta-feira (11). Ele comentou à imprensa o que o motivou a levar o livro.

Marcelo Fernandes Lima, o autor do ato inusitado, explicou o motivo de ter levado para casa uma cópia da Carta Magna de 1988.

– Na verdade, eu salvei a Constituição porque ela seria queimada. Tirei das mãos dos vândalos e levantei ali, igual ao Rei Leão – revelou o homem para o site O Antagonista.

O manifestante disse que entrou no STF com outras pessoas e viu que três homens estavam com o livro ameaçando destruí-lo. Foi então que ele agiu rápido, salvou o livro e juntou seu pessoal para sair daquele lugar por causa da violência.

O livro está em perfeitas condições e será devolvido para Brasília. Não há informações de que Marcelo responderá a algum inquérito por ter participado da manifestação.

Leia também1 Pfizer: Diretor tinha contato no Twitter para censurar críticos
2 PT, PCdoB e PV pedem cassação do mandato de Dallagnol
3 Advogado de Torres nega autoria dele em minuta de decreto
4 Lula dispara sobre o mercado: 'Não tem coração e humanidade'
5 Lula desconfia que entrada no Planalto foi facilitada

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Canal
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.