CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Carlos Jordy denuncia: Witzel faz pesquisa para presidente

Henrique Mandetta faz apelo: “Não é hora de fraquejar”

Ministro disse que população tem que ser firme no combate à Covid-19

Gabriela Doria - 01/04/2020 21h54 | atualizado em 01/04/2020 21h55

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em coletiva de imprensa no Palácio do Planalto Foto: Agência Brasil/Marcello Casal Jr

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, fez um pedido aos brasileiros nesta quarta-feira (1º). Para Mandetta, “não é hora de fraquejar”.

– O momento, reforço, é de proteção das avós, das tias, das madrinhas. Não é hora de fraquejar. Não é hora de relaxar. É hora de redobrar o cuidado. O vírus está mostrando pra nós ao que ele veio e a gente tem o dever de proteger essas pessoas – afirmou durante entrevista coletiva.

A declaração fez referência ao balanço do Ministério da Saúde, que mostrou que subiu para 240 o número de morte por causa da Covid-19. Deste total, 90% eram de pessoas acima dos 60 anos. A maioria já tinha também doenças preexistentes.

Ao todo, o Brasil tem 6.836 casos confirmados. A taxa de mortalidade é de 3,5%.

Durante a coletiva, Mandetta foi questionado sobre a possibilidade não haver leitos públicos de UTI ainda neste mês. O levantamento foi feito por pesquisadores da Universidade de Harvard e do Brasil. Uma das soluções apontadas pelos pesquisadores foi a estatização leitos particulares.

– Estudos temos com todos os cenários. Se nós não fizermos retenção de dinâmica social, se nós não cumprirmos, se nós sairmos, aglomerarmos, fizemos movimentos bruscos e relaxarmos nesse grau de contágio, sim, você pode ficar com uma série de equipamentos de proteção individual, sim, porque não estamos conseguindo adquirir de forma regular o nosso estoque – apontou o ministro.

Leia também1 Bolsonaro: 'População aguenta mais 30 dias sem trabalhar?'
2 Carlos Jordy denuncia: Witzel faz pesquisa para presidente
3 Veja quem poderá receber a ajuda emergencial do governo

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo