Leia também:
X Flávio Bolsonaro: ‘Renan tem um bunker em casa com foto minha’

Grávidas só devem tomar Pfizer ou CoronaVac, define Queiroga

A decisão não vale, porém, para as que já receberam a primeira dose da AstraZeneca

Pierre Borges - 08/07/2021 13h18 | atualizado em 08/07/2021 13h29

Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga Foto: Alan Santos/PR

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou nesta quinta-feira (8) que grávidas sem comorbidades poderão receber apenas as vacinas contra a Covid-19 da Pfizer ou a CoronaVac. Ele também se posicionou contrário à aplicação de diferentes vacinas na primeira e na segunda dose em qualquer tipo de pessoa.

Estudos recentes têm indicado resultados positivos na combinação de vacinas ‒ a da AstraZeneca, na primeira aplicação, e a da Pfizer, na segunda dose. A mistura já havia sido autorizada em grávidas no Rio de Janeiro e no Ceará. Neste último, chegou a incluir puérperas no grupo que poderia receber as doses mistas.

O ministro da Saúde afirmou que os municípios que liberaram este tipo de imunização “têm autonomia, mas não para mudar o cerne do que foi discutido na política tripartite. Não podem ficar criando esquemas vacinais diferentes de maneira discricionária, sem ouvir o Programa Nacional de Imunizações”.

Desta forma, as grávidas que já tiverem recebido uma dose da AstraZeneca deverão receber o mesmo imunizante na segunda dose.

A orientação vem em sintonia com a Agência nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que também recomentou que gestantes não recebessem vacinas feitas com vetor viral, como a da AstraZeneca e a da Johnson.

Leia também1 Flávio Bolsonaro: 'Renan tem um bunker em casa com foto minha'
2 Polícia Federal apreende burro com 300 quilos de maconha
3 Site pornográfico será encerrado e ativistas comemoram a vitória
4 Ônibus de time de Futsal tomba, deixando 2 mortos e 20 feridos
5 Deputado petista sugere que militares se afastem do governo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.