Leia também:
X Petista, vice-governadora do Piauí elogia Bolsonaro

Governo divulga calendário das novas parcelas do auxílio

Pagamentos seguem até o mês de novembro deste ano

Paulo Moura - 17/07/2020 13h51 | atualizado em 17/07/2020 13h52

Aplicativo do auxílio emergencial ao trabalhador Foto: Agência Brasil/Marcello Casal Jr

O Ministério da Cidadania divulgou nesta sexta-feira (17) o calendário com as datas dos pagamentos restantes do Auxílio Emergencial. Os novos depósitos incluem os beneficiários que se inscreveram no programa por meio do site e do aplicativo, além daqueles que fazem parte do Cadastro Único, mas não recebem o Bolsa Família.

Para quem é beneficiário do Bolsa Família, os pagamentos seguem o calendário original do programa, que inclui os depósitos no últimos dez dias úteis de cada mês, de acordo com o dígito final do benefício.

O novo calendário divulgado nesta sexta pela pasta da Cidadania contempla os pagamentos até o quinto lote de beneficiários inscritos no programa, que inclui aqueles que se registraram até 2 de julho, data final para o cadastro, e cujos pedidos foram considerados elegíveis até o momento. Até a última quarta-feira (15), a Dataprev informou que havia 226.582 registros pendentes de análise.

Para organizar o fluxo de pessoas em agências bancárias e evitar aglomeração, os recursos serão disponibilizados para saques e transferências bancárias em momento posterior ao crédito em poupança social digital.

No caso em que os saques forem referentes à primeira parcela, o saldo existente nas poupanças sociais digitais será transferido automaticamente para a conta em que o beneficiário houver indicado por meio da plataforma digital. Já para as demais parcelas, o saldo existente ficará apenas nas poupanças digitais da Caixa, acessível pelo aplicativo Caixa Tem.

Confira os calendários com as datas de depósito e as liberações para saques e transferências:

1° lote (beneficiários que receberam a primeira parcela do auxílio em abril de 2020):

  • Quarta parcela: depósito em poupança social entre 22 de julho e 26 de agosto; saques e transferências entre 25 de julho e 17 de setembro.
  • Quinta parcela: depósito em poupança social entre 28 de agosto e 30 de setembro; saques e transferências entre 19 de setembro e 27 de outubro.

2° lote (beneficiários que receberam a primeira parcela do auxílio em maio de 2020):

  • Terceira parcela: depósito em poupança social entre 22 de julho e 26 de agosto; saques e transferências entre 25 de julho e 17 de setembro.
  • Quarta parcela: depósito em poupança social entre 28 de agosto e 30 de setembro; saques e transferências entre 19 de setembro e 27 de outubro.
  • Quinta parcela: depósito em poupança social entre 9 de outubro e 13 de novembro; saques e transferências entre 29 de outubro e 19 de novembro.

3° e 4° lotes (beneficiários que receberam a primeira parcela do auxílio de 16 de junho a 4 de julho de 2020):

  • Segunda parcela: depósito em poupança social entre 22 de julho e 26 de agosto; saques e transferências entre 25 de julho e 17 de setembro.
  • Terceira parcela: depósito em poupança social entre 28 de agosto e 30 de setembro; saques e transferências entre 19 de setembro e 27 de outubro.
  • Quarta parcela: depósito em poupança social entre 9 de outubro e 13 de novembro; saques e transferências entre 29 de outubro e 19 de novembro.
  • Quinta parcela: depósito em poupança social entre 16 e 30 de novembro; saques e transferências entre 26 de novembro e 15 de dezembro.

5° lote (beneficiários que se cadastraram por meio da plataforma digital entre os dias 17 de junho e 2 de julho de 2020):

  • Primeira parcela: depósito em poupança social entre 22 de julho e 26 de agosto; saques e transferências entre 25 de julho e 17 de setembro.
  • Segunda parcela: depósito em poupança social entre 28 de agosto a 30 de setembro; saques e transferências entre 19 de setembro a 27 de outubro.
  • Terceira parcela: depósito em poupança social entre 9 de outubro a 19 de novembro; saques e transferências entre 29 de outubro a 19 de novembro.
  • Quarta e quinta parcelas: depósito em poupança social entre 16 de 30 de novembro; saques e transferências entre 26 de novembro e 15 de dezembro.

Leia também1 Bolsonaro elogia Pazuello: 'É proibido militar na política?'
2 Câmara aprova auxílio de R$ 600 a profissionais do esporte
3 522 mil empresas fecharam as portas por pandemia, diz IBGE
4 Bolsonaro estende validade de medida para salvar empregos
5 Caixa libera saque do auxílio a 1,2 milhão de pessoas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.