Golpe usa Turma da Mônica para atrair crianças e roubar

Criminosos pedem que crianças compartilhem dados dos pais

Pleno.News - 02/09/2019 15h14

Golpe envolve uso da Turma da Mônica para roubo de dados Foto: Reprodução

As estratégias utilizadas pelos ladrões de dados são diversas, elas podem vir através de programas ou aplicativos que roubam senhas, mecanismos instalados em máquinas de cartão de crédito ou caixas eletrônicos, tudo com o objetivo de obter vantagem em função do prejuízo alheio. Porém, uma nova tática dos bandidos assusta pelo uso da inocência das crianças para fins criminosos.

O golpe funciona da seguinte forma: Criminosos compartilham uma imagem em que aparece a Turma da Mônica, que estaria procurando novos amigos. Porém, para fazer parte da turminha, o informativo avisa que as crianças vão precisar compartilhar dados do cartão de crédito dos pais, como o número e código de segurança.

À primeira vista, a imagem até parece inocente para o pequenos, já que utiliza a foto da famosa turma de Maurício de Souza e termos no diminutivo como “numerozinho” para conquistar a confiança dos pequenos, mas o fato pode trazer graves prejuízos financeiros para pais desavisados.

Atualmente, a Lei 12.737/12 criminaliza o roubo de dados, com pena de reclusão, de 6 (seis) meses a 2 (dois) anos, e multa.

A Mauricio de Sousa Produções (MSP) informou que não tem nenhuma relação com a postagem fake que está circulando nas redes sociais e aplicativos de mensagens, como WhatsApp, com o uso indevido de imagens dos personagens da Turma da Mônica solicitando, às crianças, o envio de dados de cartão de crédito e CPF de seus pais. A MSP alerta para que não se repasse esse tipo de conteúdo falso adiante.

*Atualizada às 17h35

LEIA TAMBÉM+ Presídio no TO constrói muro subterrâneo para evitar fugas
+ ABI pede proteção a jornalista que denunciou 'Dia do Fogo'
+ Chico Pinheiro diz que ator sofreu tentativa de censura


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo